Todo mundo é mágico, mas poucos estão no Magias

Você é um “magia”? Não sabe o que é? Consultamos os universitários para poder decifrar o significado desse termo e chegamos à seguinte conclusão: é o perfil mais odiado pelos estudantes.

Mas calma, porque não é o fim do mundo (ainda).  Segundo o nosso querido Google, uma magia é qualquer procedimento mágico e fantástico. No entanto, atualmente, dentro das universidades, este nome tem ganhado outra conotação…

giphy

A nova moda entre os estudantes são os perfis de “magias”. Nas redes sociais, principalmente no Instagram, alunos de escolas e faculdades e criam perfis para divulgar os alunos que são considerados bonitos, mas isso vem dividindo opiniões. Os “bonitões” e “bonitonas” são chamados de “magias”.

Geralmente esses perfis contam com um número grande de curtidas e seguidores. Você pode indicar alguém ou a si mesmo como o próximo “magia” a ser postado. Acredita-se que quem administra é um grupo de alunos da própria instituição e as postagens dão o que falar pelos corredores. A forma como o perfil interage com os seguidores e com as fotos selecionadas desperta um olhar desconfiado entre os alunos.

A forma com que definem quem é “bonito” ou não pode gerar dúvidas entre os seguidores. Surgem questionamentos do tipo “o que eu tenho de errado?” ou “por que a minha foto não está entre os ‘magias’?”. Essas dúvidas provocam insatisfações e incômodos como o percebido em conversa com alguns universitários. Tivemos respostas positivas e negativas em relação aos rumos que esses perfis podem tomar.

Opiniões dos alunos

A aluna Raquel, do 7º período de Engenharia Ambiental, acha errado o padrão que eles impõe no perfil.

Todo mundo é único! Cada um tem sua beleza. Não é só o padrão que eles colocam nos perfis. Sempre aparece gente sarada, magra, loira, cabelo liso, roupa de grife. Existe muita gente mais bonita do que aquilo”.

Já o aluno Vinicius Guidoni do 3º período de Jornalismo acha o contrario.

Uma forma legal do pessoal se sentir enturmado na faculdade. Tem variedade de estilos, não é sempre o mesmo padrão”.

O também estudante do 3º período de Jornalismo Matheus Foletto acha graça nesses perfis.

Alguns são engraçados, não vejo muito sentindo nessa mídia desesperada em divulgar os perfis dos outros”, conta rindo.

Para o sociólogo Antônio Alves de Almeida, a existência de perfis que apresentam vários padrões de beleza são necessários, porém é necessário se aceitar da forma que é.

“Todo mundo é belo. Todo mundo tem uma beleza. Devemos aceitar da forma que somos. A beleza salvará o mundo mas não a beleza exterior e sim a interior”.

E você, já teve alguma foto divulgada no perfil? Diga nos comentários a sua opinião sobre os tão famosos “magias”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: