As doenças mais comuns no frio

O friozinho chegou e com ele as doenças que tanto nos atormentam também. É nessa época do ano que aquele vidrinho de “Sorini” vira nosso fiel companheiro ou até mesmo aquele paninho, que deixamos na bolsa em caso de emergências.

E é no tempo frio que as pessoas procuram os locais mais fechados e com menos ventilação possível, é a hora de tirar aquele cobertor que está guardado há algum tempo e se enrolar nele… Ai que mora o perigo, são nos locais mais fechados que a propagação de vírus e bactérias cresce e você acaba ficando doente.

Resfriado

gripe-e-resfriados
“Que agonia essa melequinha no meu narizinho” .

Os sintomas é mais comum do que a gente pensa, quando sentimos aquela coceirinha do nariz ou até mesmo o famoso “nariz entupido” já era, você esta resfriado e ele pode durar de 5 a duas semanas, é muito tempo né? Mas calma, tem tratamento! Ele é feito com analgésicos e antitérmicos e lembre-se, uma forma de prevenir é manter as mãos e o nariz bem limpinhos.

Gripe

gripe
“Meu nariz está me matando, vou tomar bastante água porque o Faesa Digital disse que é ótimo na prevenção da gripe “

Os sintomas da gripe são bem parecidos com os do resfriado, mas então, como saber a diferença? Se você teve febre alta, dores no corpo e sentiu fadiga pode ter certeza, você está gripado. O tratamento é simples, o uso de analgésicos, antitérmicos, repouso e hidratação podem te ajudar a melhorar mais rápido. Mas é melhor prevenir, né? A prevenção é bem simples, basta lavar bem as mãos e o nariz, evitar locais sempre fechados e claro, tomar a vacina anual.

Pneumonia

pneumonia
Sintomas da Pneumonia / Foto: Internet

A pneumonia já é um pouco mais complicada, ela pode surgir após uma gripe forte ou uma crise de bronquite severa. Ela pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos.  Seu tratamento é feito com antibióticos. Para se prevenir contra essa doença, o aconselhável é lavas as mãos com frequência, não fumar e sempre tomar a vacina adequada.

Asma

Asma
Bombinha com medicamento utilizado no tratamento da asma

A asma é causada pela inflamação dos pulmões e vias aéreas e ela se torna mais comum em crianças, mas o público adulto não se livra dela. Seus sintomas principais são os chiados no peito, tosse e sensação de falta de ar constante. Seu tratamento é feito através de medicados específicos, como o broncodilatador. Uma forma de prevenção é eliminar ou se manter longe das poeiras domesticas.

 

Bronquite

Bronquite
“Vou tirar uma sonequinha mas não posso perder a hora dos meus remédios”

Inflamação dos brônquios que dificulta a chegada de ar nos pulmões, causando tosse seca, chiado no peito seguida de tosse com catarro. Seu tratamento é realizado através de vaporizadores (conhecidos também como “nebolizadores”) analgésicos, descongestionantes nasais e claro, muita hidratação. A principal fonte de prevenção dessa doença, é evitar o cigarro.

Sinusite

sintomas-de-sinusite-como-aliviar
Locais onde os sintomas da sinusite atacam

Provocada por alergias ou infecções por vírus ou bactérias, ela pode causar dor de cabeça, pálpebras inchadas, nariz entupido, secreção nasal e dor nos olhos. Seu tratamento é realizados por meio de corticoide, descongestionantes e no caso de infecção por bactéria se utiliza antibióticos.

 

Rinite

rinite-alergia-11475135-1786
“Que coceirinha chata no nariz”

Irritação ou inflamação da mucosa do nariz, e nesse tempo de friozinho, é a doença mais comum. Causadora de espirros, coriza, coceira e entupimentos do nariz ela é tratada com medicamentos e vacinas antialérgicas. Para sua prevenção, os médicos aconselham manter o ambiente limpo.

 

 

Para se manter longe dessas e de outras doenças que atacam nosso corpo, a dica é:

Dica do dia

  • Mantenha uma alimentação boa e equilibrada;
  • Beba bastante água, mesmo no tempo frio;
  • Pratique sempre uma atividade física de sua preferência e claro, tenha sempre uma ótima noite de sono afinal, nosso corpo necessita de descanso.
  • Evite também o uso de bebidas alcoólicas e do cigarro.

Se os sintomas da doença persistirem, procure um médico, ele saberá qual tratamento é o mais adequado para você. Além disso, evite a automedicação.

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: