Se você é uma pessoa antenada no universo da tecnologia e do audiovisual, já deve estar informada sobre a decisão bombástica de uma produtora de filmes americana que pegou de surpresa a mais famosa plataforma de streaming de vídeo do mundo.

A Disney, empresa com um dos mais significativos acervos no serviço de Video on Demand (VoD) estadunidense Netflix, confirmou na semana passada a intenção de dar vida à sua própria plataforma de streaming de vídeo (!!!). Sem nome definido e com o lançamento previsto para 2019, a empresa do ratinho simpático pretende migrar todos os seus filmes e séries, hoje disponíveis no catálogo da empresa de Reed Hasting, para o seu novo serviço. A alteração, claro, promete provocar um desfalque enorme na Netflix.

Isso significa que produções da Walt Disney Picture como Star Wars (Lucasfilm), Moana (Pixar) e Luke Cage (Marvel), assim como todos os outros filmes das empresas associadas à Disney, serão retiradas do catálogo da plataforma. A Netflix ainda está negociando acordo para manter filmes da Marvel no serviço, mas ainda não houve uma conclusão.

Conheça outros serviços de streaming

Crackle (da Sony Picture)

O serviço, de propriedade da multinacional Sony, é o mais forte concorrente da Netflix no Brasil. Com séries famosas e produções próprias reconhecidas no catálogo, a empresa administradora da plataforma encara o mercado com uma proposta semelhante à já realizada por Reed Hastings.

sony

Amazon Prime Video (focado só no internacional)

Se a plataforma anterior disputa diretamente com a Netlifx no Brasil, a Amazon Prime, da conhecida empresa de comércio eletrônico Amazon, é a concorrente mundial. Com um acervo poderoso e gestão executiva ágil em trazer produções cinematográficas recentes para o catálogo, o serviço bate de frente com a “inimiga” tendo boas vantagens. O problema para os brazucas é que o pagamento só pode ser feito em dólar, ou seja, apenas com cartão internacional.

Dm7WmQV

Sportflix (vindo para o Brasil)

Já a empresa mexicana Sportflix vai colocar no ar uma plataforma para a publicação de conteúdo sobre diversos esportes, como futebol, basquete, hóquei, golfe, tênis e futebol americano. E acreditem, até mesmo transmissões ao vivo eles pretendem exibir. De acordo com o portal Tecmundo, a previsão é que o serviço chegue ao Brasil no dia 30 deste mês. Então você, amante do esporte, fique atento!

Dish Flix (Are baba!)

A empresa indiana Zee TV já está se planejando para lançar a Dish Flix no Brasil, serviço concorrente da Netflix com produções direto de Bollywood, a “Hollywood de Mumbai”. O catálogo da plataforma será preenchido em 60% por conteúdo vindo da Índia, além de filmes e séries multinacionais. A principal diferença é que o serviço não é pela internet: o usuário precisa comprar um aparelho para receber o sinal via satélite.

De acordo com a Folha de São Paulo, o valor do dispositivo no país é de 5.990 rupias (360 reais) e a assinatura apenas 100 rupias (6 reais). Então se prepare para assistir altas mortes bizarras em breve (ou não)!

m8dbBsM

Posted by:João Vitor Gomes

Estudante de Jornalismo da FAESA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s