Blogueira fitness desmascara os mitos sobre alimentos saudáveis

O instagram é uma rede social que propaga imagens de pessoas aparentemente perfeitas, com o corpo em forma, na academia, na praia, aproveitando a vida em geral. Um simulacro de comunidade que acaba produzindo uma crise de autoestima nos demais indivíduos.

17882322_1354384097988716_4829291816379482112_n

Lucy Mountain

Para ir de confronto a isso, Lucy Moutain, blogueira fitness da Inglaterra, criou um feed no instagram e um blog para desmentir os mitos criados pela mídia sobre a quantidade de calorias entre produtos vistos como “saudáveis” e “não saudáveis”.

O instagram @thefffeed é a plataforma que ela usa como blog para fazer as comparações de alimentos considerados saudáveis e não saudáveis, sendo que o primeiro pode ter tanta caloria quanto a segunda se consumido de forma equivocada. Ela utiliza textos pequenos explicando a diferença entre os alimentos e diz que pode-se comer uma “porcaria” de vez em quando, e, assim, ser feliz.

 TheFFFeed

Lucy defende a ideia de que não precisa levar a dieta ao pé da letra, pode comer alimentos considerados não saudáveis também, como por exemplo o picolé.

healthy-unhealthy-food-calories-camparison-lucy-mountain-42

@TheFFFeed

Mesmo se o objetivo da dieta for emagrecer, não importa a quantidade de calorias dos dois tipos sorvetes acima, os dois podem ser consumidos.

Você não precisa restringir da sua dieta, é só consumir com moderação. Inclui o picolé sim, vai lá, aproveite”, diz Lucy.

Ela ressalta que o segredo da dieta é não exagerar na quantidade e frequência em que se ingere o alimento.

431363CB00000578-4771570-image-a-78_1502201849594

@TheFFFeed

Como por exemplo, as batatas fritas. A maioria das pessoas escolheriam a batata frita feita de vegetal por causa da falsa sensação de ser mais saudável. O que é um enorme erro. A batata frita de sal e vinagre possui, mesmo que pouca, menos calorias que a outra. Logo, pode SIM comer a tão julgada batatinha frita.

431363C700000578-4771570-image-a-80_1502201874233

@TheFFFeed

“Eu quero que todos os meus posts de comparação seja para encorajar as pessoas a serem livres para a escolher a sua comida, sem restrição”, diz a blogueira.

Um grande exemplo que ela encoraja é o post do chocolate amargo e ao leite. Tem-se a sensação de que o chocolate amargo é menos calórico que o chocolate ao leite, o que é uma farsa. Chocolate amargo possui a fama de chocolate saudável. Mas qual que é o melhor para emagrecer? Na maioria dos casos, chocolate amargo possui menos açúcar, mais fibras e mais ferro que o ao leite. Portanto, possui basicamente mais nutrição que o ao leite.

“Se você é um amante do chocolate amargo, continua fazendo isso. Porém, se você prefere o chocolate ao leite, mas se força a comer o amargo porque leu em algum lugar que ele é mais “saudável”, apenas pega o ao leite e aproveita”, diz Lucy

A gente sabe que a água é a melhor substituição de bebidas com açúcar, pois ela hidrata e evita o excesso de calorias.

Coke

@TheFFFeed

Mas na realidade, a maioria de nós não bebe a quantidade de água necessária, porque muito de nós na verdade aproveitamos uma Coca Cola ou Diet Coca.
Também sabemos que quando se trata de perda de peso, as bebidas dietéticas são um substituto para as versões mais altas de açúcar (e, portanto, de maior calorias).
No entanto, eles são frequentemente rotulados como sendo “tão ruins” e não “pior”; causando todos os tipos de risco para a saúde e até mesmo o ganho de peso. 
Ninguém bebe bebidas enfervecentes sob a presunção de que eles vão fornecer vitaminas e minerais essenciais. E tudo bem. Eu bebo bebidas dietéticas porque eu gosto delas.”, diz Lucy.