Como substituir ingredientes da Ceia de Natal para diminuir gastos

Textos escritos pela aluna Mirella Ebani para a disciplina de Webjornalismo,
ministrada pela professora Marilene Mattos.

Crise? Que crise? A ordem é deixar de lado os “não me toque” e apostar em pratos principais alternativos para o jantar no dia 24 de dezembro

Com a crise econômica que se instalou no país, o bolso do brasileiro pesou e a Ceia de Natal deste ano também acabou sendo prejudicada. Mesmo assim, por ser um jantar tradicional, não é possível deixar de fazê-lo. Para economizar e ainda conseguir fazer uma ceia bem farta, a chef de cozinha Luiza Sampaio deu dicas de substituições de ingredientes para tornar os pratos mais baratos.

Sabe aquele chester que, apesar de ter um preço acessível o ano todo, acaba encarecendo perto do feriado natalino? Pode ser substituído por uma boa e velha galinhada. “Na panela de pressão vai o frango, o quiabo e tempero a gosto”, explica.

mirella 1.jpg

Galinhada com quiabo / Foto: divulgação

Outra sugestão é a farofa de moela que, ao invés de usar farinha comum, pode ser substituída por farelo de biscoito de água e sal e farinha de mandioca misturados. “O correto é que se cozinhe bem a moela na panela de pressão com alho, colorau e cebola. A finalização é com salsinha, milho e azeitona. A mistura faz a farofa ficar bem molhada e muito gostosa”.

mirella 2.jpg

Farofa de moela / Foto: divulgação

Para a sobremesa, a chef recomenda um abacaxi assado, que é bem simples e em conta. “Descasque o abacaxi todo e coloque no forno com canela em pau e anis. A finalização é uma cauda de açúcar, daquelas que se faz para pudim de leite, só que com adição de manteiga. Aí é só jogar por cima”. Lembrando que o abacaxi deve ficar assando até ficar “corado” e macio.

mirella 3

Abacaxi assado com canela e anis / Foto: divulgação