TV FAESA renovada: reconhecimento a uma referência

Dentre os projetos de extensão oferecidos aos alunos dos cursos de Comunicação Social da FAESA está a TV FAESA, criada há 19 anos. Mesmo com excelentes produtos audiovisuais lançados, a redação da TV pedia uma cara nova. Foi aí que o estudante e estagiário Pedro Amâncio entrou em cena como porta voz do grupo: aproveitou uma visita do Magnífico Reitor Alexandre Nunes Theodoro à redação e solicitou “um banho de tinta”. O resultado não poderia ter sido melhor, o novo espaço ficou incrível.

source.gif

E para comemorar a reinauguração foi realizada uma verdadeira festa no dia 13 de março, que contou com transmissão ao vivo para as redes sociais. A celebração teve início com um vídeo produzido pela equipe do setor, que juntou, em apenas um minuto, trechos de gravações ocorridas nos últimos 19 anos. Depois desse momento de emoção e gratidão, foi dada a largada para discursos e depoimentos carinhosos.

Quem abriu o momento de sorrisos e lágrimas foi o Coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Paulo Roberto Soldatelli da Silva. Em seguida, William de Oliveira, coordenador do projeto, contou sua história à frente do grupo e também falou sobre a reestruturação da TV FAESA.

Pessoas reunidas em cerimônia de reinauguração.

Cerimônia de reinauguração da redação conta com discurso do Reitor da FAESA/ Foto: Michelle Alves

Depois, foi a vez dos alunos Karen Benício, uma novata que ficou  4 meses no estágio e Pedro Amâncio, um veterano que passou três anos no projeto, abrirem seus corações e contarem um pouco do que o estágio significou para eles. Karen, do terceiro período de Jornalismo, contou que a TV abriu portas para o mercado externo, fazendo com que fosse aprovada para estagiar junto ao Gazeta Online. Já o Pedro revelou que descartou convites para seguir o sonho de permanecer no ambiente de trabalho que ele sempre idealizou. Para dar sequência, o Reitor Alexandre finalizou a solenidade e deu abertura à sessão de confraternização, com bolos, abraços e recheios.

Entrevista com o Coordenador do projeto

Homem fala ao microfone. Professor da FAESA.

Coordenador do projeto de extensão, William assume a palavra em discurso oficial de reinauguração/ Foto: Michelle Alves

Em conversa iniciada antes da abertura oficial da festividade, William de Oliveira contou que a TV FAESA vem ampliando cada vez mais o alcance de suas informações e que isso sensibilizou a instituição a entender o projeto de extensão como uma parceira e como uma referência.

A TV FAESA vem a cada ano tentando se alinhar com a Comunicação que tem sido feita não só dentro da instituição, difundindo tudo o que acontece aqui em termos de pesquisa, de eventos acadêmicos, principalmente pelo Universo FAESA. Nossa comunicação também tem chegado lá fora, temos feito alguns trabalhos que têm tido esse alcance”.

O professor acrescenta ainda que o trabalho dos alunos, que o desempenham como se estivessem num laboratório, é feito de igual para igual e acaba por inspirar futuros alunos. “Virou uma marca bastante importante, principalmente pelo protagonismo do aluno, por cumprir os princípios da FAESA e por produzir conteúdo audiovisual jornalístico e também de entretenimento, como o caso do quadro Na Garagem”, complementa William.

Acerca da repaginação do ambiente da redação o docente relata que “está um pouco diferente” e que isso facilitará o processo de construção do profissional multimídia, que tenha capacidade de fazer um pouco de tudo.

Não como uma sobrecarga, mas sim como um destaque de valores que o mercado está de olho. Hoje o mercado quer um profissional plural, que é um profissional que vai da pauta, à produção, à execução, à edição. E aqui eles fazem totalmente isso, fazem todo o processo. Aqui não tem o pauteiro, o produtor. As vezes um único aluno é o pauteiro, o produtor, o repórter, o câmera e o editor. Então esta aquisição de conhecimentos de exercício prático tem tornado a gente um diferencial, não só dentro da instituição, como fora também.”

jovem mulher realiza discurso utilizando microfone

Aluna de Jornalismo estagia por 4 meses na TV FAESA e é aprovada em processo seletivo da Rede Gazeta/ Foto: Michelle Alves

William ainda ressalta que se enche de orgulho do caminho que tem sido trilhado pelo projeto. “Hoje teremos um depoimento de uma aluna que, com 4 meses aqui, foi aprovada no Gazeta Online e levou o portfólio lá pra fora. Isso é muito enriquecedor pra gente. Isso pra mim, que coordeno o projeto, me dá profundo orgulho. Porque não é a minha cabeça que está funcionando. A minha cabeça é uma cabeça gestora, provocadora. Mas aqui é o próprio aluno como protagonista, ele usando a linguagem dele, uma linguagem atual”, prossegue o coordenador da proposta.

TV FAESA no mundo real

Ainda em debate com William de Oliveira, restou claro que a TV FAESA não se restringe às fronteiras universitárias. Houve matéria do projeto exibida pela TV Brasil, como o caso da “Coleta Legal”, que chegou ao continente europeu.

E, vez por outra, como a gente está na internet e nas redes sociais, facilmente a gente bate o mundo. E a gente tem dado uma crescida significativa, por ocasião de, por exemplo, a cobertura do Festival Sérgio Sampaio no ano passado, que a gente vai renovar a parceria esse ano. Numa única apresentação do show do músico André Prando a gente teve mais de 45.000 visualizações e isso bate lá fora”.

O professor contou ainda que a mesma TV que começou há 19 anos, sendo também veiculada em canal a cabo, hoje está disponível para dispositivos móveis e em diversos lugares ao mesmo tempo. Ficou claro também que muito além de buscar número de acessos, a ideia do projeto almeja a qualidade do que vem sendo produzido.