Por onde andam as webcelebridades brasileiras

O conceito de celebridades instantâneas refere-se aquelas pessoas anônimas que ficaram famosas de repente devido a algum tipo de escândalo midiático, participação em reality shows,  programas de auditório, aparição rápidas em reportagens ou mesmo por motivos extremamente banais como um descuido no visual. Mas, como a fama veio de forma muito rápida e repentina elas não conseguem continuar na mídia por muito tempo e acabam voltando para o anonimato, muitas vezes da mesma forma que saíram dele.

Às vezes, numa tentativa de continuar na mídia ou de voltar para ela, algumas celebridades já esquecidas se expõem a situações ridículas e controversas, como a Nana Gouveia que tirou fotos dentre os destroços do furacão Sandy, em Nova York.

A internet facilitou esse processo. Hoje, com a popularização das redes sociais qualquer um pode ser famoso. Sites como o YouTube possibilitaram que anônimos ficassem conhecidos e ganhassem a atenção de um público, até então, inatingível. Cada vez mais temos vistos desconhecidos ganharem destaque na mídia por alguma postagem em sua rede.

Mesmo tendo ficado poucos “instantes” na mídia, algumas dessas celebridades instantâneas geraram bordões e memes que ainda são usados na internet – e até fora dela. Alguns desses nomes sumiram completamente, mas outros continuam criando conteúdo nas redes sociais e nos garantindo boas risadas.

1 – Guilherme Zaiden

Guilherme Zaiden é considerado por muitos como o primeiro youtuber brasileiro. Em 2006, época em que o garoto publicou seus vídeos, o YouTube tinha apenas 2 milhões de usuário no Brasil e o conceito de youtuber ainda nem existia. O sucesso de Zaiden veio principalmente por causa do vídeo “Confissões de um emo“, mas ele também foi responsável por outros virais como “Associação Brasileira de Vício ao Orkut” e “Jesus te ama!! (Pastor Cerafim)“.

Hoje, mais de 10 anos depois, o youtuber continua fazendo vídeos de humor. Ele vive em Los Angeles, onde trabalha também como ator.

2 – Luisa Marilac


Muito além de seus famosos bons drinks, Luisa Marilac tem uma história de muita força e superação.  A travesti, que na época vivia na Espanha, estourou no youtuber com um vídeo em uma piscina depois de ter sido abandonada pelo ex-marido.

Com a repercussão do vídeo, Luisa chamou a atenção de diversos meios de comunicação e recebeu inúmeras propostas para aparecer em programas de TV brasileiros. De volta ao Brasil, ela acabou não conseguindo se manter nos holofotes por muito tempo e passou por momentos muito difíceis.

Luisa precisou voltar para a prostituição, mas depois de altos e baixos e de muita luta, ela conseguiu superar essa fase e virou uma referência na luta por direitos de pessoas trans e travestis. Ela continua postando vídeos em seu canal no youtube e também escreve para a revista virtual feminina AZMinas. Em breve será lançada a sua biografia, pela jornalista Nana Queiroz. Luisa definitivamente não está na pior!

3 – Inês Brasil

Inês Brasil ganhou a internet quando tentou entrar para o Big Brother Brasil 13. Ela não foi selecionada, mas seu vídeo de inscrição se espalhou pelas redes sociais e rendeu bordões como “alô, alô, graças a Deus”.  A fama, vinda da noite para o dia, garantiu a Inês participações em programas de auditório e a transformou num ícone da cultura pop e LGBT. Não há quem nunca tenha visto um gif da moça circulando no Twitter ou no Facebook.

Inês Brasil continua aparecendo em programas de TV, sempre nos rendendo bons memes. Ela também roda o país fazendo shows e apresentações em festas e eventos.

4 – Luiza Gomes


Representante capixaba na lista de webcelebridades instantâneas, Luiza Gomes teve o seus quinze minutos de fama em 2012 quando foi flagrada pela polícia dirigindo bêbada e sem carteira de habilitação. Durante a abordagem policial, ela, que na época era estudante de Direito, tentou fumar uma nota de R$ 50,00 e ligar o carro usando um canudo. O vídeo, exibido inicialmente no G1, explodiu na internet. Nele, Luiza argumentava com a polícia dizendo que “não existe eficâcia” na lei seca. A fala da moça obviamente viralizou e virou meme nas redes sociais.

Em 2015, a capixaba virou ring girl em eventos de MMA do estado e confessou que aqueles foram momentos difíceis. Este ano, Luiza, agora já graduada em Direito, passou num concurso público para delegada federal, em Rondônia. A conquista repercutiu na internet e gerou diversas opiniões. Luiza não quis falar sobre o assunto.

5 – Tulla Luana

Em 2010,  Tulla Luana gravou uma série de vídeos no youtube xingando o Colheita Feliz, jogo encontrado no Orkut, na época a rede social mais utilizado no Brasil. Com um temperamento explosivo e um linguajar recheado de palavrões, Tulla atingiu proporções inesperadas e foi citada em diversos veículos de comunicação, gerando também muitas polêmicas na internet e sendo transformada em meme.

Com o sucesso, Tulla Luana passou a se proclamar como “Web Diva Tulla Luana”, título que foi patenteado e transformado em tatuagem. Mas as coisas não pararam por aí. A webdiva continuou gravando vídeos com protestos e reclamações sobre coisas, teoricamente, banais e improváveis. Alguns dos episódios mais bizarros e cômicos protagonizados por Tulla Luana é a ida ao Burger King e a briga com a escritora e apresentadora Rosana Hermann

Recentemente, Gretchen venceu um processo contra Tulla. O motivo? A webdiva postou vídeos xingado a rainha do bumbum e o seu filho Thammy.

6 – Irmãos “Para a nossa alegria”

Jefferson e Suellen conquistaram a internet em 2012 quando apareceram em um vídeo caseiro cantando junto com a mãe, Malvina, a música gospel “Para Nossa Alegria”. A cantoria e as risadas dos irmãos garantiu muitos memes e divertiu as redes sociais. Os dois viraram cantores e fazem turnês por igrejas evangélicas de todo o país. Quem quiser, pode acompanhar o dia a dia da dupla pelo Facebook ou Twitter.

Lembra de mais alguém que esquecemos de colocar? Mande mensagem pra gente ou deixe um comentário!