Contagem Regressiva #4

Esqueçam todas as coisas que já te contaram até este momento desde que você acordou hoje e foca nessa informação: faltam 47 dias para a Copa do Mundo na Rússia. Falta tão pouco tempo que fica a sensação de que o maior evento de futebol do planeta já está aqui, batendo em nossa porta.

Foi aqui que pediram uma Copa do Mundo?

Entre tantos países, apenas 32 se classificaram para o mundial. Essas 32 seleções foram sorteadas em um evento oficial da FIFA (Federação Internacional de Futebol) em dezembro do ano passado e foram separadas em oito grupos, da letra A até a letra H.

Antes que o evento possa realmente começar, existem os sorteios dos grupos e sempre existe a expectativa de ser formado um grupo da morte. Esse nome é dado por causa do ranking de seleções da FIFA, da história de cada time e da história deles em edições da Copa do Mundo.

O ranking é feito a partir de critérios esportivos que a Federação determinou e está em vigor desde agosto de 1993. Os times são classificados com pontos e, depois, são listadas as nações melhores classificadas. No total, o ranking enumera 210 seleções nacionais de futebol masculino.

Este ano, o critério escolhido para definir qual seria o grupo da morte da Copa do Mundo da Rússia foi apenas o ranking da FIFA, já que nenhum grupo formado se tornou tão temido assim que o sorteio acabou. Na Rússia, vamos ver o grupo E, composto por Brasil, Suíça, Costa Rica e Sérvia como o grupo da morte. Os adversários dos brasileiros na primeira fase do evento ocupam as posições de números 8, 26 e 37, respectivamente, nesse ranking; nós ocupamos a segunda posição.

 

Isso quer dizer que esses países são os mais fortes, quando se fala na quantidade de pontos de cada time no ranking da FIFA, em comparação às seleções dos outros grupos. Apenas isso. Todas as 32 nações classificadas para a Copa do Mundo são excelentes e têm de tudo para ganhar essa edição. Nenhuma deve ser desmerecida, muito menos ser chamada de fraca por não estar em um grupo muito forte.

Os grupos B, composto por Portugal, Espanha, Marrocos e Irã, e F, formado por Alemanha, México, Suécia e Coreia do Sul, também são grupos complicados. Não chegam a ser chamados de grupos da morte, mas é bom os torcedores ficarem atentos a estas seleções; elas podem dar trabalho para conquistarmos o hexa esse ano!

Grupos da morte famosos

Geralmente, os grupos eram (e ainda são) formados por seleções fortes, que se destacaram nas Eliminatórias para a Copa em suas respectivas confederações. Um dos grupos da morte de edições antigas mais lembrados é o de 2002, que tinha Suécia, Inglaterra, Argentina e Nigéria compondo o quarteto.

Em 1970, o Brasil pegou o primeiro grupo da morte desde que começou a participar da Copa do Mundo. Inglaterra, Romênia e Tchecoslováquia eram as seleções que completavam o quarteto mais difícil daquele ano. Como não são em todas as edições que existem grupos da morte, dá pra perceber quais são as seleções que mais se encontram nesses quartetos fortes e difíceis.

Entre tantos grupos temidos, os times que mais aparecem são Itália, Argentina e Inglaterra, como em 1974 e 1978, que Argentina e Itália estavam nos mesmos grupos com Polônia e Haiti, e França e Hungria, respectivamente. A Inglaterra também encontrou o país italiano várias vezes, como em 2014, além de ter enfrentado Uruguai e Costa Rica no mesmo quarteto.

Países considerados “pequenos”, como a Hungria, Bulgária e Grécia, também já participaram de grupos da morte em Copas do Mundo. Os húngaros já enfrentaram a Itália, Argentina e França em 1978, por exemplo. Já os búlgaros e os gregos tiveram confrontos na primeira fase do evento mundial em 1994 contra Argentina e Nigéria.

Isso mostra que não só de seleções muito famosas e com muitos torcedores se faz um belo grupo da morte. Vale lembrar que faltam apenas 47 dias para vermos o Brasil atuar contra seleções do grupo da morte da Copa do Mundo na Rússia em 2018. Como diz Galvão Bueno: haja coração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: