Contagem regressiva #7

A Copa do Mundo na Rússia está cada vez mais próxima. Não parece, mas agora faltam só 26 dias para que um dos maiores eventos esportivos do planeta comece! Ansiosos pela copa, muitos são os grupos de amigos que já estão marcando churrasco em barzinhos ou nas casas deles mesmos. Sim, amamos a Copa do Mundo e estamos ansiosos demais.

Aproveitando a chegada desse evento gigantesco, essa semana, o técnico Tite marcou uma entrevista coletiva para divulgar a lista dos 23 jogadores convocados para a Seleção Brasileira. A coletiva aconteceu na sede da CBF, no Rio de Janeiro, e o fato curioso é que todos os selecionados para a Copa do Mundo já foram convocados em outros momentos pelo treinador.

Mas, se você estava em outro mundo durante essa semana ou não conseguiu tempo para ver quem são os convocados, temos a lista completa com um pequeno resumo sobre as carreiras dos jogadores selecionados.

Goleiros

Alisson

O jogador, nascido em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, começou sua história ainda criança no Internacional, time que ficou até 2016, quando foi vendido para o Roma. Já na Seleção, foi titular do Sub-17 no Mundial em 2009 e foi convocado para a seleção principal apenas em 2015.

Cássio

O goleiro do Corinthians está no elenco do time paulista desde 2005, mas já jogou no Grêmio, PSV Eindhoven (Holanda) e do Sparta Rotterdam (Holanda). Cássio recebeu sua primeira convocação em 2007, quando o técnico da Seleção Brasileira ainda era Dunga.

 

Ederson

Atualmente, o paulista é goleiro do clube inglês Manchester City e iniciou carreira no futebol no São Paulo. Já atuou no Benfica, time português, e foi para a Inglaterra em 2017. Passou a ser convocado para a Seleção Brasileira em 2016, na época da Copa América Centenário.

Defensores

Danilo

O lateral direito do Manchester City já foi convocado para a Seleção Brasileira em 2015, mas, por causa de uma lesão, foi substituído por Daniel Alves na época. Na carreira de jogador, Danilo começou no time Tupynambás, de Minas Gerais, e seguiu caminho no Brasil nos clubes Atlético Mineiro e Santos. Lá fora, fez parte do Porto (Portugal) e Real Madrid (Espanha) antes de integrar o City na Inglaterra.

Geromel

Pedro Geromel é zagueiro do Grêmio e a convocação dele foi muito comemorada pelos colegas do time gaúcho. Passou a ser convocado para jogos da Seleção Brasileira em 2016 e chegou no Grêmio em 2014, clube que o aceitou de braços abertos. Hoje, Geromel é considerado um dos melhores zagueiros em atividade no futebol brasileiro.

Filipe Luís

No Atlético de Madrid, o lateral direito Filipe Luís passou por times como o Chelsea antes de firmar contrato com o time espanhol. Começou no Figueirense e foi para a Holanda em 2004. De lá, foi contratado para o Real Madrid Castilla (time B do Real Madrid) e o La Coruña. Chegou na Espanha em 2010 com contratado assinado com o Atlético e após quatro anos se mudou para a Inglaterra. O contrato acabou um ano depois com o Chelsea e Filipe voltou para o Atlético.

Marcelo

Um dos mais famosos e importantes laterais esquerdos da Seleção Brasileira, Marcelo foi convocado pela primeira vez para o time principal em 2006, com Dunga como treinador da seleção. Esteve nas Olimpíadas de 2008, Copa das Confederações de 2013, Copa do Mundo de 2014 e nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. É jogador titular do Real Madrid, ao lado de Cristiano Ronaldo.

Marquinhos

Companheiro de time de Neymar Jr., o zagueiro e lateral direito Marquinhos faz parte do elenco do Paris Saint-Germain e começou a carreira no Corinthians. De lá, foi para o Roma, onde ficou por um ano até ir para o clube francês. Até agora, o brasileiro conta cinco anos no PSG.

Miranda

O zagueiro da Internazionale de Milão passou pelo Coritiba e pelo São Paulo antes de ir para o Atlético de Madrid. No time de Milão, o jogador assinou contrato para cinco anos. Pela Seleção Brasileira, Miranda foi convocado em 2007, mesmo não sendo titular. Nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, marcou o primeiro gol com a camisa da seleção contra a Colômbia.

Meio-campistas

Casemiro

O paulista Casemiro começou a jogar pelo São Paulo e foi emprestado para o Real Madrid Castilla (time B do Real Madrid). Em 2013, foi vendido para o time, a princípio para o time B. O técnico do elenco principal na época, José Mourinho, foi o responsável por promover o brasileiro. Pelo clube espanhol, já conquistou dez títulos, entre eles três Liga dos Campeões da UEFA (vai disputar a quarta na semana que vem).

Fernandinho

O volante é mais um que faz parte do elenco do Manchester City e começou sua história no futebol no Londrina, time da cidade que nasceu. Fez parte do Atlético Paranaense entre 2001 e 2005 e foi vendido para o Shaktar Donetsk, onde ficou por oito anos. Em 2013, querendo fazer parte da Seleção Brasileira principal, foi para a Inglaterra, onde está até hoje. Fernandinho foi um dos convocados para a Copa do Mundo de 2014.

Fred

O meia nascido em Belo Horizonte é contratado do Shakhtar Donetsk há cinco anos. Antes do clube da Ucrânia, Fred jogou no Atlético Mineiro por seis anos. Em 2009, ficou por um ano no time Porto Alegre e em 2010 foi para o Internacional, só saindo de lá em 2013 para o time ucraniano. Na Seleção Brasileira, estreou no final de 2014 e disputou a Copa América de 2015 vestindo a camisa do país.

Paulinho

Nascido em São Paulo, o quarto volante convocado por Tite compõe o elenco do Barcelona atualmente. Entre os times por onde Paulinho passou antes de chegar ao clube espanhol estão o Bragantino, Corinthians e o Tottenham. Para a Seleção Brasileira, foi convocado pela primeira vez em 2011, tendo participado da Copa das Confederações em 2013 e para a Copa do Mundo em 2014.

Philippe Coutinho

O segundo jogador mais caro da história do futebol foi comprado pelo Barcelona, onde está até o momento. Philippe Coutinho começou sua carreira no clube carioca Vasco da Gama e foi um grande nome no elenco do Liverpool, time inglês onde estava antes de se mudar para a Espanha. Faz parte do elenco da Seleção Brasileira desde a equipe sub-14 e foi convocado para o time principal pela primeira vez graças ao técnico Mano Menezes em 2010.

Renato Augusto

O camisa 8 da Seleção Brasileira é jogador do time chinês Beijing Guoan há dois anos e tem times como o Corinthians, Bayer Leverkusen e o Flamengo, onde iniciou no futebol, no currículo. Pela Seleção Canarinho, já jogou nos times sub-17 e sub-20 e sua história com a camisa amarela principal começou em 2011. Renato Augusto fez parte do time nas Olimpíadas 2016, onde ganhou medalha de ouro.

Willian

O ponta-direita da Seleção Brasileira foi um dos grandes nomes na Liga dos Campeões da UEFA nos últimos meses, mas, infelizmente, o Chelsea não seguiu na competição. Começando sua história com a bola nos pés, Willian integrou o elenco do Corinthians antes de ir para o Shakhtar Donetsk e ter uma breve passagem pelo Anzhi Makhachkala. O brasileiro é convocado para a Seleção desde 2011 e foi um dos selecionados para a Copa do Mundo de 2014.

Atacantes

Douglas Costa

Como empréstimo do Bayern de Munique, o atacante brasileiro compõe o elenco do time italiano Juventus desde julho de 2017. Douglas Costa é jogador criado no Grêmio, onde ficou de 2001 a 2008, e passou pelo Shakthar Donetsk, com um contrato para cinco temporadas. Em 2015, foi para o time alemão com o contrato para cinco temporadas também. Foi convocado pela primeira vez para a Seleção Canarinho em 2010 pelo técnico Mano Menezes.

Firmino

Roberto Firmino é de Maceió e, aos 26 anos, tem passagem pelos clubes Hoffenheim (Alemanha) e Liverpool (Inglaterra), que defende até hoje. A estreia do jogador na Seleção Brasileira foi em 2014 contra a Turquia e ele participou da Copa América de 2015.

 

 

 

Gabriel Jesus

Famoso pela história que fez no Palmeiras, o atacante brasileiro foi para o Manchester City em 2016 e conquistou o título de Campeão da Premier League (Campeonato Inglês) da temporada 2017-18. Integrou a Seleção Brasileira Sub-20 em 2015 e foi convocado para a Seleção nas Olimpíadas, ganhando a medalha de ouro da competição.

Neymar Jr.

O jogador mais caro de todos os tempos é do Brasil e foi, sim, convocado! Apesar da lesão que sofreu em fevereiro, Neymar Jr. conseguiu se recuperar a tempo e foi um dos nomes chamados por Tite. Atacante do Paris Saint-Germain, o jogador tem história no Santos e no Barcelona. Na Seleção Brasileira, por outro lado, começou no time sub-17, passou pelo sub-20 e se tornou titular do time principal. Com a camisa amarela, já ganhou a Copa das Confederações 2013 e as Olimpíadas 2016.

Taison

O jogador do Shakhtar Donetsk começou no futebol através de um contrato com o Internacional e ficou no clube até 2010, quando foi para o Metalist Kharkiv. Esse foi o primeiro time de Taison no futebol ucraniano. Em 2013, o brasileiro foi vendido para o Shakhtar Donetsk, clube atual. Tite foi quem iniciou a história do camisa 17 na Seleção Brasileira, tendo convocado o jogador em 2016 pela primeira vez.

Assim que a lista de convocados saiu, muitas pessoas ficaram surpresas, outras nem tanto. E você? O que achou da lista dos 23 jogadores da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo na Rússia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: