Tatuador de Vitória promove ações sociais

Kiko é um tatuador daqui de Vitória, seu estúdio fica na rua Henrique Rosetti, número 210, loja 10, em Bento Ferreira, Vitória. Ele utiliza sua arte para colorir a vida de desconhecidos. Movido pelo sentimento de empatia, cuidado com o próximo e muita sensibilidade, as tattoos dele são sensacionais!

Conheci o trabalho do Kiko por acaso. Estava pesquisando sobre um outro assunto quando achei o número de sua esposa, Flávia Cunha. Ela me respondeu prontamente e me explicou como é feito o trabalho.

Projeto Amigo do Seio: Reconstrução do Mamilo e Aréola para Mulheres Mastectomizadas

Este projeto reconstrói os mamilos e aréolas através de tatuagens para mulheres vítimas do câncer de mama que passaram pelo procedimento de mastectomia.

A técnica utilizada é a realista, para parecer o mais natural possível. Dependendo de cada caso, o procedimento pode ser retocado.

RECONSTRUÇÃO DE MAMILOS E AREOLAS 3
Procedimento realizado pelo tatuador Kiko.

As mulheres beneficiadas tem que ser, obrigatoriamente, atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e não tenham condições financeiras de pagar por uma tatuagem para esse procedimento ser realizado de forma gratuita. O trabalho custa em média R$400.

“Para mim, é uma forma de ajudar e agradecer a Deus. A reação ao ver a reconstrução do mamilo é uma satisfação, uma mulher me relatou que não tinha coragem de tirar a blusa na frente do marido. É resgatar a autoestima de quem já está debilitado”,  diz  Kiko.

O cirurgião plástico, Murilo Muniz Boles, aprova o procedimento e afirma que a reconstrução do mamilo e de aréola com a tatuagem fica esteticamente melhor que a reconstrução cirúrgica. ““Além de evitar o procedimento cirúrgico, esteticamente tem um resultado melhor. O enxerto não consegue controlar a coloração. A tatuagem procura buscar a cor baseado na auréola e mamilo da mama do lado oposto”, pontua o médico.

RECONSTRUÇÃO DE MAMILOS E AREOLASRECONSTRUÇÃO DE MAMILOS E AREOLAS 2

Entrevista

Conversei com a esposa do Kiko, Flávia Cunha, que é assessora do trabalho do marido, e ela falou que o tatuador não tem sócios, então as ideias partiram unicamente dele.

Perguntei da onde surgiu essa ideia, e ela me explicou que a ideia surgiu após uma cliente que, por questões estéticas, colocou próteses de silicone, e o resultado final não ficou como o esperado, pois os mamilos ficaram deformados. Depois de conferir os trabalhos do Kiko pelas suas redes sociais de cobertura de cicatrizes, ela o procurou e perguntou se poderia ajudá-la. Vendo a tristeza da cliente e a deformidade de seus mamilos, ele resolveu atendê-la, mesmo sem ter feito nenhum trabalho como esse. Ele estudou o processo de pigmentação e como iria simular os Tubérculos de Montgomery, que são as glândulas sebáceas localizadas na aréola e em torno do mamilo, e até mesmo projetar o mamilo com um aspecto de 3D. O resultado foi muito melhor do que a cliente esperava, superando suas expectativas.

A partir desse momento, Kiko deu um start e falou, “quantas pessoas passam pelo mesmo drama que essa cliente passou? Ela foi por questão de estética, mas outras que, por questões de saúde (câncer), também não ficam com a mama com alguma deformidade. Eu consegui de alguma forma recuperar a autoestima dessa cliente ajudando-a a sair da depressão. Assim como ela, eu posso ajudar mulheres que passaram pela dor acometida por um câncer e de alguma forma tentar devolver um pouco de sua autoestima”.

Ele entrou em contato com o Hospital Santa Rita e conheceu o Dr. Murilo, do setor de Oncologia que “comprou” a ideia e passou a encaminhar as mulheres vinda do tratamento pelo SUS e que não possuem renda para fazer tal procedimento de forma particular, para que fosse feito o procedimento.

A artista plástica Vera Lúcia, 53, perdeu o cabelo, a maior parte da mama esquerda e a autoestima. O câncer foi vencido, o cabelo voltou a crescer, porém a mama continuava deformada. Em 2015 um cirurgião plástico realizou a reconstrução da mama e o tatuador redesenhou a aréola da senhora, aumentando sua autoestima. “Depois de seis meses da reconstrução da mama é que eu fiz a tatuagem. Olhar no espelho e se ver normal é até uma forma de esquecer o câncer, você se vê mais bonita. Eu fiz e incentivo outras pessoas a fazerem. Eu gosto mais da mama refeita, eu sinto como se fosse a minha mama”, comenta Vera Lúcia.

Projeto Flash Day Solidário

O primeiro projeto do Kiko foi o Flash Day Solidário, realizado periodicamente. Cada evento é voltado para uma Instituição Não Governamental (ONG), e as indicações vem através dos clientes do Estúdio. Após a indicação eles vão no local para conversar o responsável pela Instituição para verificar a sua real necessidade. Posteriormente iniciam a divulgação do evento, onde é oferecido ao público tatuagens com valores promocionais. Parte da renda total, o estúdio reverte em doação, seja por espécie ou por doações ao público de materiais que está faltando na Instituição.

Neste evento, os tatuadores envolvidos oferecem preços promocionais, oferecendo tatuagens com valores entre R$ 100 e R$ 300.

Auaufanato Vila Velha/ES 1ª’Edição (2017): Parte da renda arrecadada foi destinada ao Auaufanato, localizado em Vila Velha.

As edições de número 2 e 3 foram no Asilo Monsenhor Alonso Vitória/ES e no Orfanato Casa Lar Vila Velha/ES. 

Patinhas Carentes Vitória/es 4ª’Edição (2018): Foram arrecadadas rações, vermífugos, areia para gatos, medicamentos de uso humano e veterinário, materiais de limpeza, cobertores e lençóis e latas de patês para gatos e cachorros. A sede do Patinhas Carentes está localizado em Vitória.

FLASH DAY SOLIDÁRIO 2
Flash Day Solidário Patinhas Carentes, doações feitas pelos clientes do Kiko.
FLASH DAY SOLIDÁRIO
Equipe do Patinhas Carentes junto com o Kiko no Flash Day Patinhas Carentes.

 Projeto Doação de Sangue Kiko Tattoo Stúdio “Para colorir sua vida doe o vermelho”: A ideia surgiu depois de uma matéria na televisão onde mostrava a baixa no estoque de sangue, a partir daí ele criou a campanha. Para fazer a doação de sangue, há um tempo mínimo de um ano para quem fez tatuagem, por isso, o tatuador abriu a possibilidade de terceiros fazerem a doação de sangue no lugar do cliente que desejava tatuar com desconto, cedendo o comprovante de doação para formalizar o processo.

O desconto era de 40% para quem apresentasse o comprovante no período da campanha. O motivo deste percentual é que, com uma bolsa de sangue, é possível salvar quatro vidas. Esses 40% representariam essas quatro vidas salvas pelo gesto de empatia de cada doador. O resultado final da campanha foi de 48 doações.

DOAÇÃO DE SANGUE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: