WhatsApp Image 2018-05-30 at 15.11.34O publicitário Bruno Barros, egresso da FAESA,  23, se formou em 2015 e já entrou no mercado de trabalho no ano seguinte, trabalhando na agência Aquatro como Diretor de Arte. Bruno continua contratado pela agência, mas recentemente ele teve uma ideia ainda pouco conhecida no estado.

Depois de notar que o mercado turístico é pouco explorado, Bruno lançou o Vitorímã. O projeto tem o intuito de mostrar aos turistas e capixabas as belezas do Espírito Santo. Fotos de cultura, religião, pontos turísticos, cores e sabores feitos ao longo de sua graduação foram moldados para se tornarem ímãs de geladeira.

A ideia surgiu após eu perceber que aqui na Grande Vitória não temos muitas opções de lembranças para turistas. E então, conversando com amigos, pedindo ajuda na ideia, no mês de Maio eu lancei o Vitorímã. O objetivo maior é esse: atender tanto a turistas quanto a moradores locais, compartilhando com eles as imagens que eu tenho fotografadas de pontos da Grande Vitória”, disse Bruno.

Bruno contou que negocia suas peças por meio do Instagram, mas que também participa de feiras de artesanato. Ele relatou que não sentiu tanta dificuldade em empreender, mas o obstáculo é o tempo, já que trabalha em uma agência, e isso ocupa a maior parte de seu dia. Apesar disso, ele recebe ajuda de amigos e familiares neste projeto.

Perguntado sobre sua caminhada acadêmica até chegar em sua carreira profissional, o publicitário disse que já fazia alguns trabalhos fotográficos e durante a graduação ele aperfeiçoou suas técnicas. “Eu entrei na Publicidade em 2012. Antes da faculdade eu já fazia trabalho na área de fotografia e algumas coisas com Direção de Arte. Então durante a graduação todos os meus trabalhos sempre foram feitos misturando essas duas áreas. Nos quatro anos de curso, eu busquei aproveitar ao máximo todas as oportunidades: cursos, projetos de extensão, estágio, monitoria, congressos”, declarou.

Pedi para que ele desse um conselho para quem está começando agora.

Buscar sempre! Aproveitar todas as oportunidades que o curso proporciona, buscar contato de quem está no mercado e, principalmente, mostrar interesse sempre”.

 

Posted by:Ingrid Nerys

Entrei no Faesa Digital como extensionista e permaneci por 6 meses. Após alguns meses, voltei como bolsista. Cursei 2 anos de Direito, mas percebi que meu lugar era na comunicação. Atualmente curso Jornalismo e tenho a honra de participar da família do Faesa Digital, sempre superando minhas limitações e tendo todo o apoio do coordenador Felipe Tessarolo. A faculdade tem me aberto muitas portas, tanto de oportunidades quanto de conhecimentos. Gosto bastante de escrever sobre política e coisas que envolvem a psicologia, além de questões sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s