Prata da casa: FAESA valoriza seus alunos

Sendo caracterizada por valorizar pessoas que foram formadas em casa, pode-se observar que a FAESA utiliza a prata da casa contratando ex-alunos formados na instituição para fazer parte da equipe e contribuir com seus conhecimentos.

Aluna (quase egressa)

imagem mostrando a aluna Cristiane Rubim trabalhando na FAESA

Cristiane Rubim no ambiente de trabalho / Foto: arquivo

Nesse sentido, Cristiane Rubimestá concluindo o curso de Publicidade e Propaganda na FAESA e foi contratada no dia 06 de março deste ano (2018) no Núcleo de Comunicação e marketing – conteúdo e nos relata que está sendo uma experiência muito boa, tanto nos conhecimentos adquiridos quanto na relação com a equipe. Ela nos conta que conseguiu o emprego através de indicações de amigos e professores. “Fui convidada para participar da equipe por uma pessoa que já estagiou comigo e agora está na FAESA, mas foi tudo aqui dentro, professor indicando e, assim, eu fui conhecendo pessoas”, diz a aluna.

imagem retratando a aluna Cristiane Rubim com o prêmio da Exporcom

Cristiane Rubim com o prêmio da Expocom / Foto: arquivo

O fato dela ter participado do NCD – Núcleo de Criatividade Digital escrevendo para o blog e ter feito o artigo que ganhou o prêmio da Expocom em 2017 contribuiu para que a aluna fosse contratada, porque o responsável pelo Núcleo de Comunicação queria uma pessoa que participasse de algum projeto dentro da própria faculdade. “E tem sido muito bacana, a equipe é muito integrada, a gente ta formando agora e é todo mundo muito unido”, diz Cristiane. Ela nos relata também que se sentiu muito familiarizada, porque, pelo fato de já ser egressa na faculdade fez com que ela abrangesse o leque de contatos com as pessoas da instituição. “Me senti muito confortável, fui muito bem recebida por todos”, desabafa a aluna e funcionária.

Eu estou muito feliz de estar aqui, sempre gostei muito da FAESA e agora estou descobrindo muita coisa na instituição que não sabia. É muito legal porque como já estudo aqui, conheço o ambiente e é legal estar por trás, obtendo outras perspectivas de quando eu era apenas aluna”, revela Cristiane

Egresso

Já o egresso Helber Lopes tem uma história um pouco diferente. Se formou no curso de Publicidade e Propaganda na FAESA no ano de 2015 e foi trabalhar em duas agências diferentes durante dois anos. Logo depois foi chamado para trabalhar no Núcleo de Comunicação e Marketing da FAESA, produzindo conteúdo. A diferença é que ele tem um vínculo com a empresa desde antes de ser egresso, e como seu chefe estava a procura de alunos da comunicação, isso o ajudou a ser contratado.

Meu vínculo com a FAESA é muito alem de só aluno e empregado. Cresci do lado do Campus II, meu irmão é formado pela instituição em educação física, então sempre participei dos projetos e cresci com a vontade de estar ali. E não foi diferente como aluno, sempre fui muito empenhado e participei em tudo que podia participar e aproveitei tudo que a faculdade podia me oferecer, o apoio dos professores, docentes, administrativos, e eu sempre aproveitei tudo o que ela poderia me dar, principalmente em relação aos projetos acadêmico”, diz Lopes

imagem retratando Helber Lopes trabalhando na Agência Integrada

Helber Lopes trabalhando para a Agência Integrada / Foto:

No último ano da faculdade ele decidiu se concentrar na área de trabalho em que estava estudando, então começou a fazer parte da equipe da Agência Integrada da FAESA. “Assim, eu acabei tendo um ano para me preparar para o mercado de trabalho, me capacitando profissionalmente, e para me concentrar no TCC”, diz o ex-aluno e funcionário.

Após de se formar, ele foi indicado para uma agência em Vitória e começou a trabalhar nela, tendo que sair da Agência Integrada da FAESA, e na despedida ele disse ao seu coordenador, Gustavo Coutinho, que um dia ele voltaria. E foi o que aconteceu.

Helber Lopes e Cristiane Rubim exercendo seus trabalhos na FAESA

Helber Lopes em seu ambiente de trabalhando ao lado de sua colega Cristiane / Foto: arquivo

Em janeiro deste ano (2018) Helber recebeu um convite para trabalhar no Núcleo de Comunicação e Marketing da FAESA, e, por já ter um contato com a empresa e possuir essa admiração, ele aceitou com muita alegria.

Ele nos conta que está muito empolgado com os projetos que vem desenvolvendo.

Eu sempre quis contribuir com meus conhecimentos, e é muito diferente trabalhar em uma empresa em que já se possui uma afinidade e um vínculo. Agora eu estou podendo ir além do que eu podia de quando era somente aluno e a recepção foi muito calorosa e fácil pra mim. Fiquei muito feliz“, declara o funcionário.