Conhecido por ser um tanto quanto exigente e dotado de um senso de humor bastante ácido, o que inclusive permite a ele dar risada de si mesmo como poucos fazem, ao exemplo das vezes em que conta jocosamente aos estudantes o que o levou a perder um dedo, Emílio se destaca mesmo é por ser um profundo conhecedor da Arte.

Ele é professor da matéria de Arte e Comunicação e Comunicação Visual para os cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da FAESA e nesta coluna serão apresentadas as sugestões dele, que é formado em Artes Plásticas pela UFES e mestre em Ciências da Arte pela Universidade Federal Fluminense. Com uma bagagem dessas, só podemos esperar dicas incríveis!

Livro

josé saramago
Clássico dos clássicos em língua portuguesa

O artista plástico e professor prova desde já que cultura é o que não falta, indicando três livros: Operação Cavalo de Tróia, de Juan José BenítezNão verás país nenhum, de Ignácio Loyola Brandão e Ensaio sobre a cegueira, do grande José Saramago. O primeiro deles trata dos últimos dias da vida de Jesus Cristo e Emílio Aceti definiu como “uma narrativa fantástica e empolgante“. Já o segundo livro, cuja história se passa no Brasil, transporta o leitor ao futuro e às transformações planetárias.

Em relação ao clássico Ensaio sobre a cegueira, afirmou o docente com sinceridade: “história fantástica sobre como somos capazes das atitudes mais loucas e irracionais quando estamos em situações de desespero“.

Filme

No tocante aos filmes, Emílio demonstra todo o seu bom gosto, com um toque bastante artístico, como já seria de se esperar. Prova disso é a indicação de “Vincent, com amor“. “Consiste em uma animação sobre a vida de Van Gogh com mais de 65.000 imagens feitas à mão por mais de 100 artistas. É uma análise imperdível de fatos da vida do artista após sua morte”, descreveu o mestre.

Outros títulos indicados foram “Frida: A história da vida de Frida Kahlo“, cujo enredo é marcado pela poesia feita de forma brilhante, sendo que o professor deixou claro que vale cada segundo assistido; e “Herói“, sob a direção de Zhang Yimou, o longa toma lugar no Oriente e é provido de alto valor estético, como uma “poesia visual, de uma beleza surpreendente”, conforme Emílio deixa claro.

Série

Homeland
Série preferida do professor Emílio

Indico a série Homeland, por retratar o momento contemporâneo, a tensão entre os países e seus serviços secretos e questões internacionais de investigação“, concluiu Emílio Aceti.

Detalhe: talvez esta seja a série mais assistida pelos professores até o momento!

Revista

revista zupi
Revista de Arte e Criatividade

Como a ênfase artística do professor se deu nos temas do grafite, da pintura, do desenho e do Design gráfico, sua sugestão de periódico não fugiu à regra. O artista indicou Zupi, ideal para os apreciadores do design, já que traz os melhores designers gráficos da atualidade.

Música

Ficamos mesmo surpresos com as riquíssimas influências musicais deste mestre: primeiro ele indicou um importante expoente, cantor e compositor pernambucano, de Olinda, Chico Science.  “Este artista nordestino faleceu precocemente, mas trouxe para a MPB uma junção da sonoridade regional com o Rock’n Roll, mais precisamente o Manguebeat“, pontuou.

E não parou por aí. Emílio trouxe ainda o lendário CD que marcou a união do guitarrista Jimmy Page, fundador de uma das melhores bandas de rock de todos os tempos segundo muitos, o Led Zeppelin, ao Black Crowes, banda da Geórgia. “Este álbum é fantástico e revisitou sucessos do Led. Foi uma releitura da melhor qualidade para quem aprecia um bom Rock”, disse o roqueiro.

Dicas para a Profissão

emílio aceti
Professor Emílio viaja

Minha dica é a de observar o mundo sempre com olhar atento e sem preconceitos. O melhor momento nunca é o que já vivemos e sim o momento presente. Respeitar as individualidades e olhares diferenciados, aprender com o outro e nunca ter medo de errar. Só não erra quem não tenta“, comentou em sábias palavras.

Um profissional de referência

mural de imagine dos beatles
Mural que retrata Lennon é assinado por Kobra, em Bristol, na Inglaterra.

Ao escolher uma referência, o docente não conseguiu desviar o foco do grafite, que foi também o assunto selecionado por ele em sua dissertação do mestrado. Assim, citou Eduardo Kobra, um importante grafiteiro paulistano que ganhou o mundo e que se projeta cada vez mais como um dos grandes artistas pós-modernos, “um vencedor”, como definiu.

Uma inspiração para a sua disciplina

pessoas coloridas
Viva a diversidade

Apesar de definir a si mesmo como ogro, o que vemos no professor Emílio é mesmo uma grande sensibilidade. O que o inspira no mundo é poder observar os diferentes olhares, em suas palavras: “O mundo e toda sua diversidade e pluralidade são minhas fontes de inspiração. As formas expressivas pós-modernas, incansáveis na busca de novas formas de ampliar a percepção e inovar sempre. Busco sempre estar atento, visualizando do micro ao macro e sempre acreditando que no simples reside o irredutível, aquilo que tem que ser, em que menos é mais“.

Momento histórico marcante

O artista, sensível como já sabemos que no fundo ele é, expressou que um momento da história mundial que o marcou em especial foi a Segunda Guerra, fazendo com que pudesse refletir a estupidez levada a cabo pelos homens.

segunda guerra mundial
Momento marcante para a História mundial

Com este conflito pudemos perceber como é estúpida a utilização da guerra para resolver desavenças. A quantidade de países envolvidos e os malefícios que atingiram a todos. O bombardeio de Hiroshima e a utilização de uma bomba que não respeita a vida em todos seus aspectos. O holocausto, o extermínio de pessoas inocentes pelo olhar de uma mente doentia. Nesta guerra o ser humano provou ser capaz de atos inaceitáveis e nos demonstrou que temos muito para melhorar se quisermos nos chamar de seres inteligentes e que respeitam a vida”, fechou com chave de ouro o grande mestre.

Posted by:Isabella Arruda

Estudante de Jornalismo depois de ter largado a carreira como advogada, encontrou no Faesa Digital seu novo ambiente de trabalho e oportunidade de aprimoramento técnico da escrita e da habilidade no meio digital. Apaixonada por gastronomia, desenvolve o instablog @hiperglicemiaoficial. Ama também fotografar, cantar, viajar e escrever!

Uma resposta para “Emílio Aceti indica

  1. Fiquei surpreendido com a qualidade do texto construído por Isabela Arruda. Foi muito além das informações que passei para ela. Os fragmentos das indicações que fiz e tudo mais. Parabéns.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Emílio Aceti Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s