A chance do livro publicado

Publicar um livro é o sonho de muitos escritores amadores espalhados pelo mundo, muitas das pessoas que adoram o universo da literatura têm potencial para isto, mas acontece que algumas dificuldades encontradas neste percurso podem fazer com que eles desistam de iniciar uma carreira nesta área.

São muitos os escritores que desistem de seguir seu sonho por causa de reprovações logo de cara, de não conseguirem uma editora, ganhar um concurso ou um bom número de leitores online.

O percurso para publicar um livro pode ser uma estrada complicada, a autora de Harry Potter, J. K. Rowling, já compartilhou em uma entrevista que seu famoso best-seller foi rejeitado 17 vezes antes da tão sonhada aprovação. E não é só ela que fala sobre a dificuldade de publicar o primeiro livro.

JK Rowling escritora não desistir

A criadora da saga dos amados vampiros brilhantes, Stephenie Meyerrecebeu 14 nãos antes de Crepúsculo ser publicado. Assim como a saga do bruxinho mais famoso do mundo, a série se tornou um verdadeiro sucesso editorial e foi parar nas telas do cinema e ganhou uma legião de fãs ao redor do mundo. A Saga Crepúsculo ganhou ao todo 32 prêmios, como o de melhor maquiagem de TV e filmes na ALMA Awards, Melhor luta no Teen Choice Awards e filme favorito na People’s Choice Award.

Meg Cabot coleciona 17 rejeições com os diários da princesa Mia Thermopolis, que também tem duas produções para o cinema com os Estúdios Disney e com roteiro finalizado para o terceiro filme. Fato bem parecido com as rejeições de Stephen King, o autor de Carrie a estranha que também possui filme, mas com 13 “nãos” à mais que Meg Cabot, totalizando assim 30 rejeições.

Uma das mais conhecidas publicações sobre os horrores sofridos pelos judeus durante o nazismo foi O Diário de Anne Frank e acredite se quiser, mas esta raridade cheia de emoções foi rejeitada 15 vezes antes de ser finalmente publicada.

O tão conhecido O Vento Levou de Margareth Mitchell teve as portas fechadas por mais de 30 vezes, imagine a surpresa das editoras que rejeitaram a obra ao descobrirem que, em menos de um ano após o seu lançamento, o livro tornou-se um best-seller e logo teve seus direitos de filmagem comprados. O livro ainda foi premiado com o Pulitzer de Ficção em 1937 (um dos sete prêmios Pulitzer que são entregues anualmente nas áreas de Literatura, Teatro e Música).

Mas o campeão de rejeições é o livro Zen e a Arte de Manutenção de Motocicletas, a obra foi negada 121 vezes (consta no Guinnes Book como o livro que mais vezes foi rejeitado pelas potenciais editoras). O livro se tornou um sucesso editorial, aclamado pelos leitores e pelos críticos, com cerca de 5 milhões de exemplares vendidos.

Graças ao desenvolvimento tecnológico hoje em dia ficou muito mais fácil para que um autor consiga produzir e publicar o seu livro. Existem diversas plataformas que auxiliam nesse processo e empresas como a Amazon facilitam, cada vez mais, na distribuição e comercialização da sua obra.

O Wattpad

Wattpad_logo.svg

O Wattpad é uma plataforma na qual você consegue baixar e escrever histórias, o site é um ponto de encontro de mais de 65 milhões de leitores/escritores. Além disso o também Wattpad tem um aplicativo, ou seja, você consegue ler e escrever de onde quiser.

Wattpad
Página inicial do site

O app ficou entre os 5 melhores aplicativos de e-book por três anos consecutivos. No Wattpad você encontra obras dos mais variados gêneros: ação, aventura, Fanfics, ficção, ficção científica, ficção histórica, poesia, romance, terror etc. A proposta do site é construir uma comunidade sobre a literatura, a plataforma já foi mencionada em publicações do The New York Times, MacWorld, The Guardian, Globo, R7, UOLEspalha Factos e Washington Post.

Famosinhos do Wattpad

Anna ToddAfter

kit_5.3A fanfic da boyband OneDirection é titulada como After, e foi um dos primeiros sucessos da plataforma. Ela foi publicada no Brasil pela Editora Paralela, teve mais de 1 bilhão de visualizações on-line e seis milhões de comentários, também foi sucesso nas livrarias, tanto que o livro será adaptado para os cinemas pela Paramount.

Lilian Carmine  – Lost Boys  

Lilian Carmine é o pseudônimo de Bruna Brito, uma autora brasileira que começou a LostBoys-horzescrever em inglês no Wattpad e chamou a atenção de ninguém menos que a Random House com sua trilogia de Lost Boys. No Brasil o livro foi publicado com o mesmo título em inglês, pela Leya com uma tiragem de 50.000 exemplares.

Taran Matharu – O Conjurador

O autor vive em Londres, ele chamou a atenção no Wattpad com milhões de visualizações de sua série de livros O Conjurador que no Brasil é publicado pela Galera Record.

conjurador series.png

Aimee Oliveira

É uma escritora carioca e conta com 58 mil leitores e 8 histórias publicadas. Dentre elas destacam-se A arte de morder a língua que tem mais de 5 mil leituras e o seu livro físico Pela Janela Indiscreta publicado pela editora Garcia em 2016.

Aimee disse pra gente que desde sempre foi incentivada a ler pela escola e família e isso fez um grande diferencial em sua vida , ela sempre andava com um livro na bolsa e pensava em outro para ler, mas foi na faculdade que a vontade de escrever um livro nasceu.

“Mas enquanto escritora, demorou um pouquinho para me descobrir. Foi só na faculdade. No primeiro dia de faculdade, mais especificamente. Depois das férias de verão lendo praticamente um livro por dia, tive que encarar a volta às aulas, sem nenhum livro para me distrair. Por isso resolvi escrever um.”

Ela escreve desde a época do orkut, local onde as suas primeiras histórias foram publicadas, mas foi em 2014 que começou a usar o Wattppad, já que a sua antiga rede social acabou sendo desativada pelo Google.

persistencia

Para quem ficou interessado, o Wattppad dá uma dica muito importante: tenha fé e acredite em seu potencial. Acreditamos que não foi nada fácil alcançar a sua quantidade de leitores atuais, procure sempre produzir novos conteúdos e apostar numa boa dose de divulgação. Pesistência e um pouquinho de sorte fazem parte da empreitada.

“Nem sempre o reconhecimento vem na hora que a gente quer, mas tenho fé que um dia ele vem!” – Aimee

Sobre o fato do Wattpad ser uma porta para seu livro físico, ela ainda está em busca desta resposta. Pois depende do tipo de relação que o escritor pretende criar entre a obra e os seus leitores. Se ele deseja ter uma visão sincera sobre o que está construindo ou se apenas procura se conectar com outros apaixonados pelo mundo da literatura.

“Mas se o autor tem a intenção de publicar o original em formato físico por uma editora tradicional depois, não sei se é a melhor estratégia.”- Aimee

Aimee contou que tem uma ligeira impressão de que nem todas as grandes editoras acham um investimento viável produzir algo que já foi previamente publicado, mas, é somente um impressão pessoal, já que existem vários casos dentro da plataforma que provam o contrário.

Ela sugere que a plataforma realize alguns incentivos para as publicações postadas, como a Amazon, por exemplo, que já está na terceira edição do Prêmio Kindle de Literatura, em que além da recompensa em dinheiro, o ganhador tem seu livro publicado pela editora Nova Fronteira.

Além dessa, o Sweek também estreou um concurso literário com direito a lançamento na Bienal do Livro e tudo. Esse tipo de projeto ajuda muito aos escritores de primeira viagem a entrarem no mercado.

2 comentários em “A chance do livro publicado

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: