Pedro Ramos

A solidariedade e a empatia estão mais presentes no ser humano e, com esse intuito, o jovem Paulo Victor Barcellos, 17 anos, teve a ideia de criar um projeto social para ajudar o próximo. A ação voluntária é responsável por provocar sorrisos e fazer a alegria de diversas pessoas no Espirito Santo.

A seleção dos beneficiados é feita por Paulo Victor por meio da página no Instagram do projeto social: “Amando e Ajudando”. A rede digital é a principal ferramenta utilizada para gerar a arrecadação das doações. O jovem é grato pelo apoio que recebeu da família e da religião para iniciar a ação.

O estudante Paulo Victor afirmou ser algo revigorante fazer parte do projeto (Foto: Arquivo pessoal)

É gratificante estar ali e doar tempo, brinquedos e comida para quem realmente precisa. Pessoas que querem ajuda e não têm condições financeiras para comprar o que é doado

Paulo Victor

No dia das crianças, o Centro Social São José de Calasanz, localizado no município de Serra, foi o escolhido para realizar a entrega dos brinquedos e doces arrecadados. A educadora social Andrielle Gonçalves, 19, trabalha no centro social e confessa que a iniciativa é muito bonita, pois as crianças atualmente estão muito à margem da sociedade.

O criador do projeto Paulo Victor Barcellos (canto esquerdo), juntamente com os educadores Andrielle Gonçalves, Marcus Túlio Lourenço e Micaías da Silva Brás (Foto: Pedro Ramos)

É gostoso estar aqui com as crianças, pois elas nos dão ótimos retornos. Eles possuem vários sonhos e os projetos sociais ajudam muito nisso. Temos crianças que entraram no Instituto Federal do Espirito Santo (IFES) e estão no mercado de trabalho. É um lugar agradável de estar

Andrielle Gonçalves
As crianças receberam presentes em comemoração ao dia das crianças no Centro Social São José de Calasanz (Foto: Pedro Ramos)

A mãe de uma das crianças participantes do projeto, Eucimara, 33, relata ser uma ótima oportunidade que a filha tem de participar, no contra-turno escolar, de um projeto como esse. Ela afirma que a ação ensina as crianças a conviverem com o próximo, além de aprenderem a respeitar os direitos humanos.

É muito difícil educar as crianças nos tempos atuais. Aqui eles recebem aprendizados que contribuirão na escola e na vida. O projeto ajuda as crianças serem mais responsável e parceiras umas das outras

Eucimara
As crianças do Centro Social São José de Calasanz estão no espaço durante o contra-turno escolar (Foto: Pedro Ramos)

Diversas ações sociais como essa necessitam de doações durante todo o ano. Procure um projeto mais próximo e doe.

FOTO DO DESTAQUE: Arquivo Pessoal/Paulo Victor Barcellos

EDIÇÃO: Andressa Alves/ Núcleo de Jornalismo

Publicado por:Andressa Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s