Diogo Cavalcanti

Para muitos, domingo é dia de descanso. Para outros, dia de corrida. Em uma manhã ensolarada e de muita animação, cerca de 1200 pessoas participaram da 15ª Corrida FAESA, no Centro de Vitória. Nesta edição, o corredor foi desafiado a percorrer 10 quilômetros, da Praça Pio XII à Praia de Camburi. Um quilômetro a mais do que no último ano.

Às 5h30, os primeiros competidores começavam a chegar. Ainda tímidos, trocavam as roupas do cotidiano pelo uniforme de corrida. A partir das 6 horas, o movimento se intensificou e o público ficou variado. Homens, mulheres, jovens, idosos, profissionais, amadores e deficientes: um evento que integrou pessoas as mais diversas em prol da saúde.

Corredores profissionais e amadores se misturam e disputam os 10 quilômetros (Foto: Reprodução/TV FAESA)

A Gerente de Marketing da FAESA, Carolina Bento, reforçou que a atual edição trouxe um público 20% maior do que o do ano passado. “Cada ano que passa, a corrida toma uma forma maior. Há um envolvimento de diversos públicos, equipes de integrantes com necessidades especiais, ações de incentivos diversos que dão um corpo cada vez maior à iniciativa”, afirma Carolina.

A participante Daiana Alcântara, 32, corre há 6 meses e não pretende parar. Segundo ela, mesmo com as tarefas diárias, encaixa na agenda um tempo para treinar. “Com a gestação, ganhei peso e comecei a treinar com o objetivo de emagrecer. Por isso, peguei amor pela atividade”, conta.

A participante Daiana Alcântara participou pela primeira vez da Corrida FAESA (Foto: Reprodução/TV FAESA)

Algumas pessoas preferem estar em equipe para se sentirem mais motivadas. É o caso de Manoel Carlos, mais conhecido por Lobão, integrante da Equipe Raios. “Em alguns momentos, bate uma solidão ao correr sozinho. E, correndo em equipe, cada um dá incentivo e força para o outro, principalmente quando estamos diante de colegas com mais idade”, revela Lobão.

Largada

Com direito a aquecimento comandado pela organização, a largada aconteceu às 7 horas. Os participantes deram os primeiros passos e iniciaram o percurso com muita empolgação. Após 30 minutos e 3 segundos, o vencedor cruzou a linha de chegada: Valério de Souza Fabiano, 30 anos, capixaba. Ele é atleta há 11 anos e corre 25 Quilômetros todos os dia. Além disso, é estreante na prova. “O concorrente africano deu muita energia logo no início e se cansou no decorrer da prova. Foi a partir desse momento que cresci e consegui vencer”, relata o atleta.

Valério gosta de correr as provas de 10 quilômetros e afirma que esse tipo de percurso é a especialidade dele (Foto: Reprodução/TV FAESA)

O primeiro lugar feminino ficou com a etíope Ayelu Lema Deme, 25. Apesar da timidez para entrevistas, ela mostrou ser desinibida no asfalto e fez a prova com o tempo de 36 minutos e 18 segundos.

Categoria Faesa

Integrantes da FAESA marcaram presença e prestigiaram o evento com bons resultados. O primeiro colocado entre os funcionários foi Fábio da Silva, 49. Ele treina desde 1986 e relatou que se sente lisonjeado pelo resultado obtido, principalmente em razão da história de vida.

Fábio conta que intercala as atividades do cotidiano com as horas de treinos (Foto: Reprodução/TV FAESA)

Venho de uma família muito humilde e, muitas vezes, abríamos a geladeira e nada tínhamos para nos alimentar. A partir da conquista da São Silvestre por João da Mata, em 1983, me senti motivado para buscar condições melhores para minha família e começar a correr

Fábio da Silva
Brenda revela que contou com incentivo de outros corredores durante a prova (Foto: Reprodução/TV FAESA)

Outro destaque foi a estudante de Odontologia Brenda Coutinho, 25, que chegou à competição visando o primeiro lugar na Instituição, uma vez que no ano passado terminara a prova em segundo lugar na categoria. “O clima estava muito quente e isso atrapalhou um pouco. Tentei compensar mantendo boa respiração. Joguei bastante água no corpo durante a prova para reduzir a temperatura. Consegui manter um bom ritmo”, destaca a estudante.

Outubro Rosa

Um grande evento acompanhado de uma grande causa. A Corrida Faesa contou com a promoção da Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc) que tem como foco a prevenção e detecção do câncer de mama.

O Reitor da Faesa, Alexandre Nunes Theodoro, enaltece as parcerias em prol da saúde (Foto: Reprodução/TV FAESA)

De acordo com o Reitor da Faesa, Alexandre Nunes Theodoro, a Corrida FAESA é um evento bem sucedido, já que são 15 anos seguidos de organização competente e, desde 2012, com apoio ao Outubro Rosa. “Nós conseguimos conciliar a data da corrida ao Outubro Rosa. Ao longo de todos esses anos, promovemos parcerias de sucesso e promovemos a saúde. São impactados não somente os cerca de 1200 inscritos, mas as respectivas famílias. Melhor parceria não poderia existir”, comemora o Reitor.

Foto de destaque: Bruno Lopes/Núcleo de Comunicação e Marketing

Edição: Diogo Cavalcanti

Publicado por:Diogo Cavalcanti

2 comentários sobre “15ª Corrida FAESA: 10 Quilômetros de conscientização

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s