Andressa Alves

Em mais um lado B, Edmilson Francisco Anselmo, mais conhecido como Tio Riqueza, 66 anos, será o apresentado da vez. O dono da barraca de pipoca trabalha há 19 anos no pátio do Centro Universitário FAESA e traz alegria para os estudantes e funcionários da Instituição. Além disso, Tio Riqueza também é músico, compositor, escritor e poeta.

Edmilson Francisco nasceu em Alagoas, onde trabalhava com ouro, mas veio para o Espirito Santo a convite do sogro e montou um restaurante. A propriedade recebeu o nome de Riqueza devido à antiga profissão. A partir disso, o apelido não desconectou mais e tornou-se um pseudônimo. Tio Riqueza se considera um “Alagoxaba, pois nasceu em Alagoas e tem o coração capixaba.

Edmilson Francisco Anselmo é querido por todos os clientes. O carisma e a humildade são atributos que remetem ao Tio Riqueza (Foto: TV FAESA/ Reprodução)

A história do Tio Riqueza iniciou na FAESA quando teve o restaurante fechado e perdeu o sustento da família. Em consequência do desemprego, procurou o atual Gestor do CET FAESA, José Alexandre, que abriu as portas para que ele comercializasse o alimento dentro da Instituição. Atualmente, vende pipocas doces e salgadas com temperos diferenciados para atrair o consumidor.

Nós temos o cuidado porque também pensamos na saúde de vocês. Temos a medida de todos os temperos para manter um padrão saudável. É uma pipoca diferenciada e o segredo é o amor

Tio Riqueza

A estudante do 2° período de Engenharia de Produção do Centro Universitário FAESA Mirian Lourenço, 20, conta que o sabor da pipoca ocasionado pela variedades de temperos, como o bacon e alho-poró, são os maiores diferenciais da barraca do Tio Riqueza. Além disso, também confessa consumir a pipoca por ser um alimento leve.

A estudante Mirian Lourenço conta que o bacon é um dos temperos preferidos (Foto: TV FAESA/ Reprodução)

Tio Riqueza é conhecido como vendedor de alegria e recebe elogios pela felicidade e bem-estar transmitidas aos clientes. Ele afirma ter uma relação aberta e franca com todos, além de contar com várias formas de pagamento para facilitar o acesso dos alunos à pipoca. Pela simpatia gratuita, é reconhecido onde passa, além de ainda receber ex-alunos com a família na barraca.

Para ajudar nas vendas e garantir o melhor atendimento, a esposa de Edmilson, Cristina Rodrigues Anselmo, 57, também permanece na barraca e recepciona os compradores.

A esposa de Edmilson, Cristina Rodrigues, afirma sentir muito orgulho do companheiro (Foto: Andressa Alves/ Núcleo de Jornalismo)

Eles são atenciosos e nos recepcionam bem. É especial, pois nos tratam com carinho e, por isso, é um dos motivos para a gente sempre comprar

Mirian Lourenço

A aluna do curso de Engenharia civil Ana Karla Freitas, 18, reafirma o diferencial existente no sabor e elogia o excelente atendimento prestado por Edmilson e Cristina. A estudante relata que a ótima recepção faz com que ela volte sempre na barraca.

A futura engenheira civil Ana Karla Freitas confessa também gostar da pipoca por fazer bem à saúde (Foto: TV FAESA/ Reprodução)

O lado artístico

Além de pipoqueiro, Tio Riqueza também é poeta e músico. Os compradores que chegam na barraca percebem a presença de letras e versos espalhados. Enquanto a pipoca não fica pronta, ainda podem escutar os versos recitados por ele, que possui mais de 500 poemas escritos, além de inúmeras composições.

As composições tiveram início quando ainda era criança, aos 9 anos. Ao completar 13, ele gravou a primeira música. Apaixonado por forró, ele compôs uma música chamada “Linda Morena”. Cristina, esposa de Edmilson, apresentou a música para o cantor Leonardo, que elogiou o trabalho. Ela também foi homenageada pelo marido, que compôs a letra especialmente para amada.

A professora do Centro Universitário FAESA Vanessa Calisto afirma ser fã do Tio Riqueza, pois é maravilhoso ouvir as declamações de poesias enquanto compra a pipoca.

Ele me contou que está aprendendo a tocar violão. Agora, imagina declamar as poesias ao som do violão?

Vanessa Calisto
A professora dos cursos de Engenharia, Computação e Arquitetura e Urbanismo, Vanessa Calisto, afirma que o Tio Riqueza canta e encanta ao declamar as poesias (Foto: TV FAESA/ Reprodução)

Com o apoio da Instituição, Tio Riqueza também lançou um livro com inúmeras poesias, todas escritas por ele. O lançamento ocorreu no pátio da Instituição e para prestigiá-lo, alunos, funcionários e pessoas da família estiveram presentes no evento.

EDIÇÃO: Andressa Alves

FOTO DO DESTAQUE: TV FAESA/ Reprodução

Publicado por:Andressa Alves

Um comentário sobre ldquo;LADO B: Tio Riqueza traz alegria para os estudantes e funcionários da FAESA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s