Isabela Wilvock

Os alunos e professores dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário podem comemorar muito, pois 12 trabalhos conquistaram o primeiro lugar no XXVII Prêmio da Exposição de Pesquisas e Produção Experimental em Comunicação (Expocom) da Região Sudeste. Assim, a faculdade saiu do 43º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação como a mais premiada na Região entre universidades públicas e particulares. Agora, os vencedores se preparam para a etapa nacional que acontecerá em dezembro.

Os alunos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda já conseguiram destaque na primeira fase, pois foram finalistas em 31 categorias. Mais de 50 alunos e 13 professores orientadores estiveram envolvidos nessa jornada final da região Sudeste. Confira abaixo a lista dos trabalhos elaborados pelos alunos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da FAESA que estarão na etapa final do Expocom:

As alunas de Publicidade e Propaganda Amanda Castello e Júlia Nunes Garcia foram premiadas na modalidade de Cartaz. Amanda conta que apesar do atual período ser desafiador em vários aspectos, o planejamento de toda a equipe de professores viabilizou driblar esses obstáculos. Ela relata que iniciaram a produção do relatório em março, antes do início da pandemia, e que o maior desafio foi seguir o ritmo de produção durante o isolamento social.

Amanda Castelo levou o prêmio na categoria Cartaz. (Foto: Site Faesa.br)

A sensação que fica é de realização após a vitória da etapa regional. Para a próxima fase o que fica é uma grande torcida e a certeza que entregamos um bom trabalho, independente do resultado

Amanda Castello, aluna de Publicidade e Propaganda

Devido a pandemia da covid-19, a submissão dos trabalhos foi adiada de março para julho. O fato pôde ter ajudado os alunos, pois, então, puderam produzir durante o recesso do meio do ano. Os desafios de desgaste mental e ansiedade foram ultrapassados pela união com os professores orientadores.

O aluno de Jornalismo Alzenqueberson Tamanini, conhecido por Kebim, relata que tiveram dias em que as reuniões com a professora orientadora, Zanete Dadalto, aconteceram às 23 horas para debater sobre a fotonovela. Foram momentos trabalhosos e períodos de desconfiança, mas, ao final, houve um desfecho de vitória e realização de todos os envolvidos no projeto. A temática tratada por ele é sobre o público travesti e que, ao ser aceito pelos jurados, mostra que está no caminho certo como futuro jornalista.

A sensação é de realização e confiança em conquistar a etapa nacional. Estamos otimistas, pois nossa temática é de extremo apelo social

Kebim Tamanini, aluno de Jornalismo
Kebim Tamanini está otimista, pois o trabalho tem apelo social (Foto: Arquivo Pessoal)

A importância de participar do Expocom vai além de ganhar prêmios, como ressalta Camila Vieira, aluna de Publicidade e Propaganda. Ela está concorrendo na etapa nacional com videoclipe. A aluna revela que, ao ver o trabalho como um dos premiados, tem a confiança aumentada, pois há sempre um pouco de insegurança. Camila fala que os trabalhos feitos dentro da faculdade podem abrir portas no mercado de trabalho. Por isso, ela aconselha que qualquer atividade deve ser feita com muita dedicação.

Camila Vieira relata que estar na final Nacional é uma honra e uma vitória (Foto: Arquivo Pessoal)

Eu e meu grupo estamos muito animados para essa próxima fase. Vamos representar a comunicação capixaba. É um orgulho estar presente nesse momento. A experiência que se leva é maravilhosa

Camila Vieira, aluna de Publicidade e Propaganda

A professora dos cursos de Jornalismo Publicidade e Propaganda Zanete Dadalto afirma que os professores estão por trás dos alunos, com incentivo e provocações, como estimuladores do processo criativo e de pesquisa. A fotógrafa aconselha a importante utilização do espaço da  sala de aula para pesquisar, discutir e experimentar novos suportes e ferramentas de Comunicação.

A professora Zanete Dadalto estimula a produção de portfólio durante a graduação (Foto: Carol Bastos)

É necessário mostrar aos alunos que eles podem ser e fazer a diferença. E, para isso, eles tem que se movimentarem. Não há soluções prontas. É preciso suar, transpirar e pensar

Zanete Dadalto, professora de Jornalismo e Publicidade e Propaganda

Momento da divulgação dos vencedores das categorias no Expocom Sudeste 2020

Edição Final: Diogo Cavalcanti

Publicado por:Isabela Wilvock

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s