Nathália Carvalho Silva de Sá

Eis que muito intrigada com a falta de aventuras, durante as férias, no sítio mais famoso da literatura brasileira, a boneca de pano resolve criar um miniempreendimento a partir da receita de bolinhos de chuva que é tão disputada…

Cansada, então, de ficar sentada em uma tenda na frente de casa sem vender ou receber clientes, ela resolve buscar por ajuda. Sempre muito rude e impaciente, decide conversar com o sabugo de milho mais sábio e inteligente da região.

Os deliciosos bolinhos de Chuva da tia Nastácia (Foto: Divulgação)

– Você vai me ensinar agora a fazer sucesso com a venda dos bolinhos de chuva da Tia Nastácia.

Confuso e surpreso, ele logo responde gaguejando:

– E-e-E-e-Emília, mas esse é o segredo-oo dos segredos dos pu-pu-publicitários! Como posso te falar se você não quer aprender, apenas se importa em ter rápidos resultados?

– Visconde, faz três dias que estou expondo minha pele de pano no sol quente, correndo o risco de estragar o meu cabelo de cartolina com qualquer temporal e dos meus botões voarem com o vento. Preciso arrecadar, no mínimo, 2 cruzeiros por dia para valer a pena a dificuldade que é pegar os bolinhos de chuva para vender sem a Tia Nastácia me pegar no flagra! Se você não fizer isso para mim, prometo te depená-lo.

Visconde resolve ensinar estratégias para Emília vender os bolinhos (foto: Divulgação)

– Olha só Emília, eu vou te ensinar sobre pequenas ferramentas e estratégias muito úteis para o seu negócio. Mas você vai precisar de um consultor, que será eu. E para isso cobrarei 40% do seu lucro em cima da minha disposição, sabedoria e tempo gasto.

Confusa com a matemática, Emília resolve aceitar ao perceber que não terá outra opção, mas crente de que com o grande amigo assumindo o controle da situação, o micronegócio dará certo.

– Ok Visconde, negócio fechado.

A importância do Slogan para atrair o cliente (Imagem: BG)

Os dois partem para o laboratório – que fica no porão da casa de Dona Benta – para pesquisar e estudar tudo sobre um negócio. Dando margem à criatividade para a construção de um novo sucesso: “Emília Chuvosa – A água na boca é maior que a do bolinho”. Visconde dá inúmeras sugestões como a importância de se ter uma slogan logo após o nome da marca, tentativas de bordões na intenção de que se crie uma identidade sonora para que os clientes se remetam à sua venda, títulos criativos para os produtos e, se possível, um texto publicitário enviado por carta para cada cliente super, ultra, mega, power especial.

Depois de muito tempo explicando, Visconde percebe que Emília estava dormindo em um sono muito profundo, em outras palavras, babando! E, mesmo com muito medo de Emília, resolve acordá-la e estender a explicação da importância desses pequenos tópicos mencionados.

– E-e-e-e-emi-mi-milia… desta vez, gagueja mais que o normal, pois o medo de ser depenado faz com que Visconde seja muito obediente a Emília e a todos os seus comandos.

Bem sonolenta, a boneca responde:

– Que que é? – E logo acorda sem nenhuma noção do que estava acontecendo. – Caraca, Visconde, bem que eu estranhei quando me vi com o bolso do meu vestido cheio de dinheiro. Deveria ter percebido que era um sonho…

– Olha só, de uma vez por todas, preciso te mostrar o quanto é necessário que você entenda que, vender bolinhos de chuva, qualquer um que tiver os ingredientes e materiais, venderá. Mas para você se destacar e ser a melhor vendedora de bolinhos de chuva, você precisa ter um “que” de exclusividade. Hoje, a concorrência é enorme e ser um microempreendedor não é fácil e barato. Justamente por isso que estou te ensinando a usar e a abusar dessas ferramentas e estratégias. Em outras palavras, as chamo de conhecimento e com o uso desse conhecimento junto à criatividade e à determinação, você chegará a qualquer lugar. Por fim, minha amiga Emília, não tenha medo de buscar o saber, pois será ele a chave para o seu sucesso.

>>> Esse texto faz parte de uma série de produções opinativas sobre Publicidade e Criatividade feitas por estudantes de Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário. As produções tiveram a orientação do professor Victor Mazzei.

Edição: Isabela Wilvock

Imagem de Destaque: Gabi Palmejani e Vitória Gava / Núcleo de Publicidade

Publicado por:Valmir Matiazzi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s