Artigo opinativo/Crônica – Por trás da comunicação

Raíssa Fernandes Miranda

A comunicação é inerente a nossa história. O ser humano anseia por se conectar, criar relações e poder se expressar. De que outra maneira uma mãe poderia saber que seu bebê está com dor ou fome se não pela sua comunicação por meio do choro? Uma vez vivendo em sociedade, foi necessário o desenvolvimento da linguagem para que pudéssemos transmitir e registrar informações ao longo do tempo. A partir daí, abriu-se uma infinita estrada de possibilidades a nossa frente. O ser humano foi capaz de acumular conhecimento, se estabelecer em grupos sociais ao definir regras e valores, bem como desenvolver a ferramenta da persuasão.

A comunicação faz parte da vida humana (Imagem: FreePik)

A linguagem como ferramenta de persuasão foi se tornando, cada vez mais, parte do nosso cotidiano. Com o desenvolvimento das sociedades de consumo, a publicidade se tornou uma das mais recorrentes formas de comunicação. Frequentemente, somos convencidos e persuadidos por discursos políticos, religiosos e, principalmente, por campanhas publicitárias. É fazendo o uso de palavras, técnicas e recursos que a redação publicitária promove um elo entre a marca e as pessoas que serão alcançadas por ela. A redação, então, é um elemento chave para se ganhar mais visibilidade, construir um bom relacionamento com o público-alvo e delinear a percepção.

A tarefa não é fácil. Assim como é capaz de aproximar, a palavra também tem o poder de distanciar e, por isso, não deve ser negligenciada. Para que uma comunicação funcione em sua total potencialidade e seja efetiva quanto aos objetivos do planejamento de marketing da empresa, é preciso que o redator publicitário disponha de muito conhecimento, repertório e técnica. É preciso ter bem definido o receptor ideal da mensagem e o tom adequado a essa persona, bem como o que se quer comunicar e o valor que se deseja construir. Apenas assim, o texto publicitário é capaz de despertar o interesse da audiência e cumprir com o propósito, guiando o receptor na tomada de decisão.

A redação publicitária é fundamental para uma campanha (Imagem: FreePik)

Contudo, a redação publicitária vai além de apenas produção de textos. Ela engloba todo o processo criativo essencial para uma campanha de marketing, sendo responsável por determinar o conceito que irá guiá-la. Ou seja, o redator desenvolve uma linha de raciocínio para a campanha, norteando o processo de criação do designer gráfico da empresa e as estratégias de divulgação mais adequadas. A redação se torna, assim, um elemento primordial para a divulgação de marcas, sejam elas iniciantes ou já consolidadas no mercado.

Saber comunicar é multiplicidade, é transmitir uma mensagem por meio dos diferentes signos, é trabalhar corretamente com os elementos e figuras linguísticas, é misturar estruturas verbais e não-verbais, é construir relacionamentos e superar expectativas, é, em sua essência, representar a realidade e dar forma as nossas experiências. Pensando nisso, se a propaganda é a alma do negócio, seria a comunicação, então, a alma da propaganda?

>>> Esse texto faz parte de uma série de produções opinativas sobre Publicidade e Criatividade feitas por estudantes de Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário. As produções tiveram a orientação do professor Victor Mazzei.

Edição: Isabela Wilvock

Imagem de Destaque: Gabi Palmejani e Vitória Gava / Núcleo de Publicidade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s