vitória Bassani – SEGUE A DICA

O “Segue a dica” da semana é com Vitória Bassani, aluna do 3º período de Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário. Vitória morava na cidade de Castelo, interior do Espírito Santo, e veio para a capital com 17 anos para estudar. Apaixonada por leitura, escrita, criação e conversar com as pessoas, sempre foi curiosa para saber sobre novos assuntos.

Vitória relata que desde pequena foi fascinada pelas artes – filmes, livros, dança, música e outras mais – e que fez balé por muitos anos, mas parou para se dedicar integralmente aos estudos. Os pais sempre a ensinaram o valor da educação e “cobravam” boas atitudes na escola.

Foto: Arquivo Pessoal

Minha mãe era professora e, por isso, sempre me incentivou muito a ler e a escrever. Quando eu tinha seis anos, completei 50 livros lidos e ela fez uma festinha para comemorar e me incentivar mais

Vitória Bassani

Durante o ensino fundamental, Vitória não sabia qual curso seguir. Ela cogitou várias opções como: direito, arquitetura e até artes cênicas devido o amor pelas artes. Ela conta que decidiu fazer o curso de publicidade quando estava no terceiro ano do ensino médio. Após uma professora sugerir, ela pesquisou mais e se interessou. “Cada vez mais que eu pesquisava sobre o curso de publicidade, mais eu me identificava, sentia e tinha mais certeza que era isso que eu queria”, diz.

Livro

O livro interage com a tecnologia por QR’s Code’s que levam aos sites citados na obra (Foto: Reprodução/ Amazon)

Influenciada pelo professor Victor Mazzei, Vitória Indica o livro “Storytelling: histórias que deixam marcas”. Vitória ficou encantada ao adquiri-lo. A obra do autor brasileiro Adilson Xavier, publicada em 2015, conta a história por trás das marcas e explica a linha de raciocínio para criação de um ‘storytelling’ e como isso é o diferencial na produção. Ela relata que já utilizou muitos conhecimentos adquiridos a partir do livro para diferentes trabalhos da faculdade e até mesmo no estágio.

O que o livro mais contribui para mim? Foi me fazer ficar mais apaixonada pela publicidade e pelo meu curso. Fiquei completamente encantada e curiosa

Vitória Bassani

Documentário

Documentário “Como o cérebro cria” (Foto: Reprodução/ Netflix)

A próxima indicação que a futura publicitária traz é do documentário da Netflix “Como o cérebro cria”. O documentário é produzido a partir do livro de mesmo nome do autor David Eagleman. “Esse documentário abriu muito a minha mente para pensar na criatividade de uma forma diferente. Como as pessoas se inspiram de formas diferentes para criarem e como cada criação é única e diz muito sobre seu criador. Outro ponto que me chamou muito a atenção nesse documentário é perceber que precisamos ser criativos em todas as áreas e como isso é tão valioso em um mundo que as pessoas estão sempre tentando apenas copiar”, descreve.

Vitória expõe que essa dica é valiosa para profissionais e estudantes da comunicação, mas que também indicaria para quem não faz parte desse meio, pois todos precisam da criatividade.

Entender um pouco como esse processo acontece dentro do nosso cérebro foi realmente esclarecedor e, ao mesmo tempo, divertido, pois é um documentário leve e que te prende

Vitória Bassani

Inspirações na publicidade

Carine Cardoso
Carine Cardoso (Foto: Arquivo pessoal)
Marcello Serpa (Foto: Divulgação)

Vitória possui vários profissionais que são inspirações para ela. Dentre eles, destaca dois que tem muita admiração: o publicitário brasileiro Marcello Serpa, grande referência no mercado nacional. E a professora do curso de Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário, Carine Cardoso, com quem já teve aulas na faculdade.

Fico encantada com a trajetória, conhecimento e visão deles

Vitória Bassani

Música

Vitória admira a originalidade e a personalidade da cantora Ariana Grande (Foto: Divulgação)

Ela declara acompanhar a cantora Ariana Grande desde o começo da carreira e ama as músicas, clipes e estilo da artista. Ela conseguiu perceber, ao longo dos anos, que a cantora foi fiel a identidade visual, mas sem deixar de inovar. “Acho isso importante e difícil. É complicado manter uma originalidade e uma personalidade durante anos sem se perder com tantas opções e estilos”, completa.

Outro aspecto positivo, relatado por Vitória, é que Ariana Grande nunca deixa de estar presente e isso faz total diferença para fidelizar o público. Mesmo quando teve fases complexas na vida pessoal, a artista não deixou de criar e entregar álbuns incríveis e de qualidade para os fãs.

Ela sempre encontra uma maneira de transformar os próprios sentimentos em arte. E eu acho isso muito lindo

Vitória Bassani

Instagram

Por fim, Vitória cita duas páginas no Instagram que ela gosta e acompanha:

Cria School é uma plataforma de educação focada em ‘marketing’ e eu realmente aprendi muito com as publicações. Há dicas muito boas e conteúdos muito relevantes”.

Foto: Reprodução/ Instagram

A Youpix é uma marca de consultoria de negócios para a Economia da influência. Eu gosto bastante desse perfil porque sempre tem frases e dados atualizados sobre ‘marketing’, influência nas redes sociais e publicidade no geral”.

Foto: Reprodução/ Instagram

Edição: Daiane Obolari

Imagem destaque: Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s