ALUNOS E PROFESSORES DE JORNALISMO e PUBLICIDADE E PROPAGANDA DA FAESA VENCEM 8 MODALIDADES NA EXPOCOM SUDESTE E VÃO PARA A ETAPA NACIONAL

Daiane Obolari

Os vencedores do XXVIII Prêmio da Exposição de Pesquisas e Produção Experimental em Comunicação (Expocom) da Região Sudeste no 44º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação já são conhecidos. Dos nove prêmios conquistados no Espírito-Santo, os alunos e professores dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário venceram em oito categorias. Com o excelente resultado alcançado pelo empenho dos estudantes e do corpo docente, a FAESA ocupa a posição de primeiro lugar entre as Instituições particulares do Sudeste.

A Expocom premia os melhores trabalhos experimentais realizados pelos alunos da área de comunicação. Agora, os oito projetos vão para a etapa nacional. Os vencedores das cinco regiões do Brasil disputam entre si as categorias na última fase. O evento acontece entre os dias 04 e 09 de outubro e continuará no formato 100% virtual por conta da pandemia do coronavírus.

O aluno do 6º período de Publicidade e Propaganda da Faesa Bernardo Borgo Sarmento, vencedor na categoria “Outdoor” com o tema “É sobre direito, não privilégio”, conta que ele e o parceiro Igor Gabriel de Andrade tiveram a proposta de falar sobre as minorias existentes no mercado de trabalho a partir de uma atividade no terceiro período. Eles utilizaram de elementos como a semiótica e o apelo emocional nas imagens apresentadas para causar impacto e conectar o observador a mensagem a ser passada.

Nosso objetivo foi realmente atingir tanto uma minoria, para ela ser identificada, quanto pessoas jurídicas, que tem uma empresa. As pessoas devem olhar aquele Outdoor e ser impactados no sentido de: “eu preciso fazer alguma coisa”. Por isso a analogia aos dois lados

Bernardo Borgo Sarmento
Peça publicitária finalista que foi desenvolvida pelos dos alunos Bernardo Borgo e Igor Gabriel
Outdoor nas ruas da de Vitória (Foto: Arquivo pessoal)

O melhor trabalho realizado pela turma do 6º período do curso de Publicidade e Propaganda da FAESA seria divulgado nas ruas da Grande Vitória. Os dois alunos, então, se empenharam em entregar um projeto de qualidade em razão do tema proposto ser extramente necessário na sociedade. Quando fala da conquista na Expocom, Bernardo diz que estão muito felizes com o resultado e que a sensação ainda é indescritível. “O que eu espero é que a população realmente se conscientize em relação a isso porque é como diz a própria peça: para alguns pode ser apenas uma escada e para outros pode ser uma montanha“, finaliza.

Ana Luiza Villaschi, aluna do 8º período de Publicidade e Propaganda da FAESA desenvolveu um “Jingle” para rádio com os alunos Danielle Dadalto e Victor Sales para a matéria de Produção Audiovisual. Intitulado “Jingle Padaria Ebenézer”, o projeto foi desenvolvido totalmente de forma remota pelo trio por conta da Covid-19. O resultado alcançado foi possível devido ao uso de uma aplicativo que possibilitou adicionar efeitos sonoros, realizar a edição das vozes e finalizar o produto. Ana conta ainda que eles estão muito felizes com o prêmio recebido no Expocom.

Nosso objetivo era entregar um bom trabalho. Para isso alinhamos o roteiro e definimos as palavras, frases, rimas e musicalidade. E, claro, sem perder de vista os elementos necessários para a harmonia do “Jingle”, como, por exemplo, a qualidade sonora aliada a uma boa história, um pouco de humor e, principalmente, que fosse de fácil memorização

Ana Luiza Villaschi

Confira abaixo a letra e o jingle produzidos:

“Bom dia seu João, bom dia dona Maria
Comer um pão quentinho é a melhor hora do dia
Pãezinhos quentinhos, crocantes amanteigados
Tem para todo mundo
Até para menino levado
Pão, pão, pão, pão,
Pão, pão,
Pão, pão
Comer um pão quentinho é a melhor sensação.
-Padaria Ebenézer, o melhor pão de Vila Velha e de toda região”.

A Faesa concorreu a tapa regional com 28 trabalhos entre os finalistas.

Confira abaixo os trabalhos premiados:

Modalidade: Fotografia Publicitária
Trabalho: Arte sob um olhar pandêmico
Alunos: Juliana Ramaldes Pedrosa, Thaila Alexandra de Oliveira Ferreira e o ex-aluno Douglas Barbosa Calazans (in memorian)
Orientadora: Zanete Dadalto

Modalidade: Website
Trabalho: ECOnversa: plantando novas ideias sobre sustentabilidade
Alunos: Gabriel Barros, Matheus Moraes, Natália Vicente, Vinícius Antunes e  Marcelo Victor Guilhen
Orientador: Roger Seta

Modalidade: Jingle
Trabalho: Padaria Ebenézer
Alunos: Ana Luiza Villaschi, Danielle Dadalto e Victor Sales
Orientador: Felipe Dall’Orto

Modalidade: Cartaz
Trabalho: Uma mensagem do futuro
Alunas: Amanda Castello Pereira e Julia Nunes
Orientadores: Victor Mazzei e Felipe Dall’Orto

Modalidade: Outdoor
Trabalho: É sobre direito, não privilégio
Alunos: Igor Gabriel de Andrade Figueiredo e Bernardo Borgo
Orientadores: Felipe Dall’Orto e Victor Mazzei

Modalidade: Produção Publicitária Audiovisual para Internet
Trabalho: Unimultiplicidade
Aluno: Victor Pavan
Orientador: Felipe Dall’Orto

Modalidade: Embalagem
Trabalho: As faces do amor
Alunos: João Vitor Coelho de Souza, Karina Nogueira, Thamires Rocha e  Anna Sarah Wanzeler
Orientador: Roger Seta

Modalidade: Reportagem em Jornalismo Impresso
Trabalho: Gênero e Cidadania: Corpos que Re-existem
Aluno: Alzenqueberson Spassini Tamanini
Orientador: Valmir Matiazzi

Edição: Daiane Obolari

Imagem de destaque: NCM-FAESA/Paula Pimentel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s