Segue a dica – Carolina Gomes

Maria Eduarda Souza Silva

O Faesa Digital manda um salve a todos. O Segue a Dica da semana é mais um especial. Desta vez, em comemoração ao Dia Nacional do Rádio, celebrado amanhã, 25 de setembro.

A convidada da semana tem uma voz inconfundível e que já chegou aos ouvidos de milhares de ouvintes. Carolina Gomes ou como é mais conhecida: Carolzinha. A egressa dos cursos de Rádio e Televisão e Publicidade e Propaganda da FAESA Centro Universitário comanda as manhãs da rádio Mix Vitória há cerca de quatro anos.

Foto: (Arquivo Pessoal/Carolina Gomes)

Carolzinha é uma mulher preta, periférica e moradora de Cariacica com muito orgulho. Aos 31 anos de idade, sendo 11 deles dedicados a uma bela carreira como locutora, creator e, também, a Voz Padrão feminina da Rede Gazeta.

Ela iniciou a carreira trabalhando na televisão, mas a voz, o carisma e a vontade de aprender despertou a atenção para que as portas do rádio fossem abertas. Carolina confessou que nunca pensou que seria uma locutora de rádio durante o período da faculdade, mas um professor já havia notado que tinha algo que a inclinaria para esse caminho.

O meu professor de locução já tinha percebido que eu tinha um feeling para locução. Eu nunca levava muito a sério e não imaginava que isso iria acontecer. Quando aconteceu, eu lembrei de tudo isso

Carolina Gomes

Carolina está muito feliz com a carreira. Ela destaca que a profissão a proporciona muitos momentos de diversão e um deles é quando está trabalhando em shows e em eventos. A mistura do trabalho com os acontecimentos alegres é uma das maiores paixões de Carol, que ressalta que isso é muito importante independente da área em que se trabalha. “Depois que se começa a trabalhar com rádio, não quer mais parar. Eu consegui unir a diversão ao trabalho. E eu adoro isso”, conta Carolzinha.

Como nem tudo na vida são flores, Carol deixou claro que ser locutora de rádio é, também, um desafio diário. Isso acontece, principalmente, pelo meio ainda ser dominado por homens mais velhos. Ela precisa mostrar todos os dias que sabe e domina o que faz, mas afirma que, mesmo sendo um espaço pequeno, as mulheres podem e conseguem, sim, serem ótimas locutoras.

Os streamings musicais dominam o mercado e a geração atual classifica o rádio como “coisa de velho”. Contudo, a opinião de Carol é que o rádio precisou se reinventar, mas sempre venceu no engajamento, pois tem calor, tem outra pessoa interagindo, em tempo real, com o ouvinte. Muito bem-humorada, ela brincou dizendo: “quem diz não gostar de rádio, ainda não ouviu, pois quem ouve gosta.

Preparados para ouvir mais uma série de dicas sensacionais? Bora lá…

DICA DE LOCAL

Ao ser indagada sobre seu local favorito no Espírito Santo, Carolina diz gostar muito de praia, adora e se senti mais feliz em dias ensolarados. Ela costuma pegar a bicicleta e pedalar pela orla de Vitória apreciando a vista.

DICA DE FILME

Carolina é amante de musicais. Logo a dica não podia ser diferente. Ela nos indica o filme Hairspray (2007), que é uma regravação da clássica comédia musical de mesmo nome do ano criada por John Waters em 1988. Essa nova versão conta com lendas do cinema como: John Travolta, Queen Latifah, Zac Efron, entre vários outros.

Cartaz do filme Hairspray (Foto: Divulgação)

O filme conta a história de Tracy Turnblad, uma adolescente que adora dançar e se inscreve em um programa local chamado The Corny Collins Show. Quando foi aceita, a vida mudou de uma hora para a outra e ela se tornou uma celebridade se destacando no programa pelo estilo descontraído de dançar.

A obra mostra bastante os bastidores da televisão que é possível fazer uma relação com os bastidores do rádio. E foi esse o motivo da indicação que, além de ter essa versão de 2007, conta com uma versão teatral que foi produzida pela Broadway em 2002.

Hairspray também trata de assuntos históricos e, como todo musical, conta com performances sensacionais. Uma das mais marcantes é “I Know Where I’ve Been” interpretada por Queen Latifah. O momento marca um protesto que luta pelo fim da segregação racial. Sem sombra de dúvidas uma dica de um filme que deve ser visto pelo menos uma vez na vida.

DICA DE SÉRIE

Cartaz da série I May Destroy You (Foto: Divulgação/HBO Max)

Carolzinha indicou uma das séries favoritas: “I May Destroy You”, produzida em 2020 e é disponível na plataforma da HBO. Indicada em várias posições do Emmy 2021 e levou o prêmio de melhor roteiro de minissérie.

“I May Destroy You” já está finalizada com 12 episódios e é baseada nas experiências da atriz principal, roteirista e diretora da série, Michaela Coel. De acordo com Carol, a série é pesada e te coloca numa reflexão profunda sobre tudo o que acontece com as mulheres.

Para assistir ao trailer da série, basta acessar o canal do Youtube da HBO.

DICA DE DOCUMENTÁRIO

Cartaz do Documentário (Foto: Divulgação/Netflix)

A indicação de Carol é o documentário “Democracia em vertigem” e destacou como muito necessário nos tempos atuais. O longa está disponível no catálogo da Netflix. Para conferir ao trailer basta acessar o canal do Youtube da plataforma.

DICA DE LIVRO

A indicação de livro é o “Mindset: A Nova Psicologia do Sucesso” da autora Carol S. Dweck. “Esse livro me ajudou a ver as coisas de um outro ponto de vista e isso refletiu em diversas áreas da minha vida”, conta Carol.

Capa do álbum “The Gift” (Foto: Divulgação/Beyoncé)

DICA DE MÚSICA

Depois de muito pensar, dentre várias opções da lista, Carol indicou o álbum “The Gift” da artista Beyoncé.

DICA PARA OS ALUNOS

Para quem se sentiu atraído pelo mundo do rádio, Carol acredita que um locutor tem que ser carismático, possuir uma boa dicção, saber conversar e interpretar, além de ter um pensamento rápido e gostar de estudar. Contudo acredita, também, que toda pessoa está apta a aprender. Mesmo não possuindo essas características natas, ela pode com toda certeza desenvolvê-las. 

Carol ressaltou que é extremamente necessário estudar, pois sem estudo chega a lugar nenhum. Ela relatou ainda que o profissional deve se manter atualizado sobre tudo que está acontecendo mundialmente e sobre as novas tecnologias que estão chegando também é primordial. “Não basta saber que o Instagram existe, tem que saber criar conteúdo nele”.

Ela já atuou em diversas áreas e sempre buscou fazer o melhor. Ela já foi operadora de teletáxi, produtora de televisão, roteirista de rádio (onde descobriu a paixão pelo veículo de comunicação) e fez ações de live marketing até se tornar, enfim, locutora.

Carolzinha deixou uma linda mensagem em homenagem ao Dia Nacional do Rádio com mais uma dica para quem pretende seguir pelo meio radialista. Para quem gosta de rádio, música e pensa em trabalhar com o rádio, a dica principal de Carol é para que os alunos invistam nos estudos, corram atrás de conhecimento e façam network, pois o rádio não se resume a ter uma boa voz e saber se comunicar.

O rádio é mágico. A nossa missão é levar alegria, música e descontração para todo mundo. E isso acaba deixando o nosso dia mais leve também

Carolina Gomes

Edição e preparação do texto: Fernanda Gonçalves Sant’Anna

Imagem de Destaque: Arquivo Pessoal/Carolina Gomes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s