Max Verstappen persiste até o fim e vence o GP da Arábia Saudita

Daniel Godoy

O holandês Max Verstappen, piloto da RBR, venceu o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1, segunda etapa, após um emocionante duelo contra Charles Leclerc, piloto da Ferrari. O atual campeão mundial ultrapassou o monegalesco quando restava apenas três voltas para acabar a corrida.

O holandês Max Verstappen conquista a primeira vitória na temporada (Foto: Divulgação/Red Bull)

A largada da prova foi bastante tranquila para o pole position Sérgio Perez. O mexicano conseguiu se manter por algum tempo na 1ª colocação, deixando Leclerc em segundo. Verstappen, que ficou em 4° lugar no grid, conseguiu tomar a 3ª colocação do outro piloto do Ferrari, Carlos Sainz.

No final da fila, o piloto da Alfa Romeo, Guanyu Zhou, teve problemas com a embragem, com isso, saiu do 12° para o 17° lugar. Lewis Hamilton, que ficaria em 16° no grid de largada, largou na 15ª posição, depois de ser confirmada a ausência de Mick Schumarcher. O inglês terminou a primeira volta na 14ª posição.

Os pilotos da Alpine Fernando Alonso e Esteban Ocon tiveram uma disputa pelo sexto lugar. O espanhol demorou, mas conseguiu tomar a posição do piloto francês na sétima volta. Ocon tentou recuperar a colocação, porém saiu da pista para ultrapassar e teve que ceder o posto.

Com a confusão, a concorrência aumentou. Valteri Bottas, oitavo, e Kevin Magnussem, nono, conseguiram se aproximar da dupla. Depois de recuperar o 7° lugar, Ocon precisou se virar para evitar que Valteri Bottas o ultrapassasse.

Perez precisou parar na volta 16, quando ainda liderava, para trocar os pneus. Fez a troca e ficou na quinta posição e Leclerc estava em primeiro. Entretanto, ocorreu um acidente com a Williams de Nicolas Latifi, que provocou a entrada da Saffety Car e atrapalhou todas as estratégias do piloto da RBR.

Leclerc, Verstappen e Sainz fizeram o pit stop na volta 17. O monegalesco da Ferrari ficou em primeiro, Verstappen em segundo e Perez em terceiro, à frente de Sanz. O espanhol alegou que foi esprimido pelo mexicano quando estava saindo dos boxes.

Na volta 21, aconteceu a relargada. Leclerc conseguiu segurar Vertappen e Perez devolveu a terceira posição a Sainz. Logo atrás, estavam Russel e Magnussem, que completaram as seis primeiras colocações.

Entre as voltas 36 e 38 aconteceu uma série de abandonos da corrida. Primeiro, o carro de Fernando Alonso perdeu potência quando ele ainda brigava pela sétima posição com Magnussen. Depois, o piloto da Mclaren Daniel Ricciardo também precisou abandonar a pista, pois o motor havia apagado. O australiano ainda tentou retornar, mas o carro parou poucos metros antes da estrada. A alfa de Valteri Bottas também não aguentou e o finlandês também precisou colocar a máquina no box.

Por conta do abandono dos pilotos, a organização fechou o acesso ao pitlane e anunciou um safety car virtual. A bandeira verdade foi dada apenas na volta 41, liberando os pilotos para trocar os pneus novamente. Após voltar dos boxes, Hamilton caiu de sexto para 11° lugar.

Verstappen e a RBR decidiram atacar nas voltas finais, o que deu muito certo. Na volta 42, o holandês ultrapassou Leclerc e assumiu a liderança, mas perdeu a posição novamente para o adversário. No final da volta seguinte, os dois seguraram as freadas, e de novo o piloto da Ferrari ficou à frente. Todavia, o atual campeão não desistiu. Ele acertou a manobra e assumiu a liderança, permanecendo até o fim da corrida. O espanhol tentou abrir a “asa” para retornar a posição, mas não teve sucesso.

Classificação final do GP da Arábia Saudita

  1. Max Verstappen (HOL/Red Bull RBTP: 50 voltas
  2. Charles Leclerc (MON/Ferrari): +0s549
  3. Carlos Sainz (ESP/Ferrari): +8s097
  4. Sergio Pérez (MEX/Red Bull RBPT): +10s800
  5. George Russell (GBR/Mercedes): +32s732
  6. Esteban Ocon (FRA/Alpine Renault): +56s017
  7. Lando Norris (GBR/McLaren Mercedes): +56s124
  8. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri RBPT): +1min02s946
  9. Kevin Magnussen (DIN/Haas Ferrair): +1min04s308
  10. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes): +1min13s948
  11. Guanyu Zhou (CHN/Alfa Romeo Ferrari): 1min22s215
  12. Nico Hulkenberg (ALE/Aston Martin Mercedes): 1min31s742
  13. Lance Stroll (CAN/Aston Martin Mercedes): +1 volta
  14. Alexander Albon (TAI/Williams Mercedes): Não completou
  15. Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo Ferrari): Não completou
  16. Fernando Alonso (ESP/Alpine Renault): Não completou
  17. Daniel Ricciardo (AUS/McLaren Mercedes): Não completou
  18. Nicholas Latifi (CAN/Williams Mercedes): Não completou
  19. Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri RBPT): Não largou

Próxima etapa

A Fórmula 1 acontecerá novamente entre os dias 8 e 10 de abril com o Grande Prêmio da Austrália.

Classificação do Campeonato

  • Charles Leclerc MONFerrari45
  • Carlos Sainz Jr. ESPFerrari33
  • Max Verstappen HOLRed Bull25
  • George Russell INGMercedes22
  • Lewis Hamilton INGMercedes16
  • Esteban Ocon FRAAlpine14
  • Kevin Magnussen DINHaas12
  • Sergio Pérez MEXRed Bull12
  • Valtteri Bottas FINAlfa Romeo8
  • 10ºLando Norris INGMcLaren6
  • 11ºPierre Gasly FRAAlphaTauri4
  • 12ºYuki Tsunoda JAPAlphaTauri4
  • 13ºFernando Alonso ESPAlpine2
  • 14ºGuanyu Zhou CHNAlfa Romeo1
  • 15ºAlexander Albon TAIWilliams0
  • 16ºDaniel Ricciardo AUSMcLaren0
  • 17ºLance Stroll CANAston Martin0
  • 18ºMick Schumacher ALEHaas0
  • 19ºNicholas Latifi CANWilliams0
  • 20ºNico Hülkenberg ALEAston Martin0
  • 21ºSebastian Vettel ALEAston Martin0

Edição: Daniel Godoy

Foto do Destaque: Divulgação/Red Bull

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s