TBT CAPIXABA – Vitória

Karol Costa

Em homenagem aos 471 anos de Vitória, o TBT Capixaba traz a história sobre o surgimento da capital do Espírito Santo. Fundada em 08 de setembro de 1551, com o nome de Vila Nova do Espírito Santo, a cidade começou a ser construída na então Ilha de Guananira, nome dado pelos povos indígenas, ou Ilha de Santo Antônio, nome dado pelos portugueses.

Entrada da Baía de Vitoria em 1860 (Reprodução: Arquivo Público do Espírito Santo)

Quando Vasco Fernandes Coutinho chegou à capitania do Espírito Santo, em 1535, iniciou a distribuição de sesmarias (terras distribuídas a um beneficiário para cultivo, em nome do rei de Portugal), terras incultas ou abandonadas, aos colonos que trabalhavam nos engenhos de açúcar. O fidalgo português Duarte de Lemos recebeu, como recompensa pelas bravuras na navegação, uma ilha, que nomeou como Ilha de Santo Antônio.

A vida na pequena Vila do Espírito Santo não era pacífica. Constantemente, os povoados sofriam ataques dos indígenas Aimorés, Goitacás e Tupiniquins, que lutavam para recuperar as terras que lhes foram tomadas. A Vila, também, era atacada por franceses, holandeses e até mesmo piratas, que tinham o objetivo de explorar a região.

Fartos dos ataques, os portugueses decidiram mudar a capital da capitania para a Ilha de Santo Antônio, pois devido às características geográficas, possibilitava maior segurança para a população. Assim surgiu a Vila Nova do Espírito Santo, contrastando com a antiga vila que passou a se chamar Vila Velha.

Vista de Vitória em 1884 (Reprodução: Arquivo Público do Espírito Santo)

Mesmo na nova localidade, a tensão com os indígenas continuava. Após sucessivas batalhas sangrentas entre portugueses, Aimorés, Goitacás e Tupiniquins, em 08 de setembro de 1551, os exploradores venceram. A partir dessa data, a região foi renomeada para Vila da Vitória em homenagem ao triunfo dos lusos.

Em 17 de março de 1823, a Vila foi elevada à categoria de cidade, passando a se chamar apenas Vitória. Entretanto, o isolamento insular da capital evitava o desenvolvimento. Os governantes, então, iniciaram, em 1830, o aterramento da ilha, trazendo infraestrutura para as partes baixas de Vitória. Saiba mais sobre os aterros da cidade clicando aqui.

Edição: Karol Costa
Imagem Destaque: Bruna Firmes/Núcleo de Publicidade do Lacos

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s