• Resumo: Investigar as estratégias persuasivas utilizadas pela ditadura militar brasileira com a utilização de slogans publicitários a fim de divulgar os ideais do regime autoritário. Essa é a proposta central do artigo. No percurso metodológico deste estudo, investigamos as práticas da imposição do medo por parte da ditadura, bem como nos debruçamos sobre conceitos, como identidade e alteridade, além de promover uma discussão sobre os slogans, como “Brasil: ame-o ou deixe-o” e “Brasil, um país que vai para a frente”, como representação e posicionamento do momento político vivido pelo país no período do regime militar.
  • Texto publicado na Revista Comunicação: reflexões, experiências, ensino – v. 2, n. 2, 2016 – p. 9 a 18
  • Autores: Victor Mazzei, Alessandra Santarosa dos Santos e Julia Soresini Ramalho Diláscio

Baixe o artigo aqui
A Identidade e a Alteridade nos Slogans Durante a Ditadura Militar Brasileira

Posted by:Felipe Tessarolo

Coordenador da Pós-Graduação em Gestão Estratégica em Mídias Sociais da Faesa. Professor Universitário da Faesa. Formado em Publicidade, leciona disciplinas nas áreas de Direção de Arte, Mídias Sociais e Novas Tecnologias. Doutorando em Psicologia pela UCES de Buenos Aires. Possui um Mestrado em Direção de Design, pela Universidade Lusíada de Lisboa e uma especialização em Estratégias Criativas pelo IED de Barcelona, Espanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s