O Teatro do Oprimido na Formação da Cidadania

  • Resumo: Esse artigo mostra a história e a trajetória do Centro do Teatro do Oprimido do Rio de Janeiro, surgido no Rio de Janeiro no ano de 1986. Uma associação sócio-cultural, com direção de Augusto Boal, que implementa projetos artísticos que estimulam a participação ativa das camadas menos privilegiadas da sociedade, visando à democratização dos meios de produção cultural, ao fortalecimento da cidadania e à transformação da realidade, através do Teatro do Oprimido. Um teatro que busca ser um exemplo de intervenção social, visando à inclusão social e o desenvolvimento humano. A idéia é analisar os projetos e trabalhos pedagógicos do CTO-Rio e suas contribuições na arte, na comunidade e na construção da cidadania, além da importância da formação dos grupos populares dentro das comunidades.
  • Artigo publicado na Revista Fênix – abril/maio/junho 2008
  • Autores: Felipe Campo Dall’Orto

Baixe o arquivo aqui
O Teatro do Oprimido da formação da cidadania

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑